Preparamos um comparativo entre dois dos principais goleiros do futebol mundial. Venha com a gente!

Que Alisson e Neuer são dois goleiros excepcionais ninguém duvida. Com trajetórias bem distintas, chegaram na primeira prateleira do futebol mundial e provavelmente ainda veremos os dois goleiros atuando simultaneamente por alguns anos – talvez quatro ou cinco, já Neuer tem 35 anos e deve manter o nível até os 40.

Alisson: da base do Inter para Anfield

Alisson começou jogando nas categorias de base do Beira Rio e estreou profissionalmente em 2013, aos 21 anos. No Colorado Gaúcho, ele inicialmente foi reserva de seu irmão Muriel, e na temporada seguinte, viu Dida assumir a meta do Inter. Nas duas temporadas seguintes (2015 e 2016), Alisson foi titular absoluto e fez aparições importantes na Libertadores e no Brasileirão.

No final de 2015, o goleiro já recebia sondagens de clubes da Europa e, na janelra do meio do ano de 2016, acertou sua ida para a Roma, da Itália. Chegando lá, passou a temporada 16/17 disputando posição com Szczesny e atuou bem nas 15 partidas em que foi escalado.

Entretanto, em 17/18 é que Alisson se consolidaria no gol da Roma, já que Szczesny fora vendido para a Juventus. O arqueiro brasileiro fez uma temporada excelente e foi peça fundamental na campanha da Roma para alcançar as semifinais da Champions League. Naquela edição da UCL, inclusive, Alisson só levou dois gols jogando em casa – os dois contra o Liverpool, que viria a ser sua próxima equipe.

Em Anfield, Alisson estreou batendo o recorde de mais cleans sheets para um goleiro estreante na Premier League e conquistou a Champions League de 18/19 com protagonismo. Desde então, segue titular absoluto no gol dos Reds.

Na seleção, Alisson participou das categorias de base sub-17 e sub 21, tendo conquistado a Copa Sendai e o Torneio INterncional de Toulon. Na seleção principal, marca presença desde 2015, quando Dunga era treinador, e ainda não foi desbancado por nenhum outro goleiro.

Neuer: um auge interminável

A história de Neuer é um pouco mais simples. O arqueiro alemão começou nas divisões de base da Schalke 04, onde atuou por mais de dez anos. Em 2005, veio o seu primeiro contrato profissional e Neuer permaneceu no clube até 2011. Saiu de lá depois uma excelente Champions League na temporada 10/11 e foi para o melhor time da Alemanha na história recente do país: o Bayern de Munique.

Na Baviera, Neuer fez jus a todo o investimento e se tornou o que todos esperavam: um goleiro marcante, considerado até mesmo o melhor de todos os tempos por alguns. Titular mais do que absoluto desde que chegou, Neuer fugiu do padrão praticado até então ao se posicionar mais como um líbero do que como um goleiro de fato.

O arqueiro frequentemente ficava na intermediária de defesa e Jogava muito com os pés. Em muitos momentos, o foi importante para interromper contra ataques adversários ou para atrair a marcação e permitir que seus companheiro de defesa iniciassem jogadas com mais tranquilidade. Hoje, Neuer exerce bem menos essa função do que exerceu entre os anos de 2012 e 2015, mas ainda mostra muita flexibilidade e noção de posicionamento sob as traves.

Pela seleção alemã, assim como Alisson, Neuer é titular absoluto desde a Copa de 2010, na África do Sul, e conquistou o mundial de 2014, no Brasil, depois que nossa seleção levou o inesquecível e impiedoso 7×1 no Mineirão.

Mas e aí? Quem foi melhor?

É inegável a qualidade dos dois goleiros. Ambos transmitem uma enorme segurança e já mostraram que são realmente referências em seus postos.

Em relação aos prêmios individuais, os dois jogadores possuem vários, mas Neuer leva uma boa vantagem em termos absolutos: o goleiro alemão foi considerado o melhor do mundo de 2013 a 2016 e voltou a conquistar o prêmio em 2020. Enquanto isso, Alisson conquistou o prêmio somente em 2019.

Em termos de títulos, a Copa do Mundo de 2014, apesar de ser a maior glória que um jogador pode alcançar, não pesa tanto a favor de Neuer em comparação a Alisson, já que o goleiro brasileiro não conta com uma seleção tão forte quanto a alemã, mas faz um ótimo trabalho defendendo a seleção Canarinho. Pelos clubes, vale o mesmo. Neuer tem seus méritos pela logenvidade sob as traves do Bayern, um dos melhores times do mundo, mas Alisson chegou a um clube do primeiro escalão mundial há duas temporadas e tem mostrado um belo trabalho.

Mas nessa comparação, é importante considerar também que proporcionalmente não há tanto desequilíbrio porque Neuer tem uma carreira mais longa. Por isso, é compreensível que o alemão tenha mais premiações individuais e mais títulos de expressão, como Mundial de Clubes, Champions League e Copa do Mundo. Hoje, Alisson tem 28 anos. Neuer, quando tinha a mesma idade, estava no começo da sua trajetória gloriosa pelo Bayern e tinha menos títulos expressivos que Alisson tem hoje.

Pra não dizerem que o redator ficou em cima do muro, aqui vai a escolha: hoje ficamos com Neuer por toda a quebra de paradigma que ele representa. Além de defesas encantadoras, seu posicionamento fora da área é muito bom e pouquíssimos goleiros execem a função de líbero com tanta qualidade. É inegável que Neuer tem conquistas coletivas e individuais também, mas Alisson tem muito potencial para ultrapassá-lo se mantiver o alto nível por tanto tempo como Neuer vem mantendo.

Você concorda comigo? Deixe seu comentário! E lembre-se que aqui no SPM 365 você pode escalar esses dois super goleiros em vários torneios e ainda faturar uma grana com eles!