Nós assumimos a missão de listar cinco técnicos de destaque na atualidade. Confira!

Falar quem são os melhores técnicos da atualidade é uma tarefa difícil. Cada técnico tem um estilo diferente e suas particularidades. Por isso selecionamos cinco técnicos que revolucionaram a maneira de seus times jogar futebol e impressionaram o mundo.

Lembrando que a lista está em ordem alfabética, para assim você contar pra gente como você classifica os técnicos citados!

Diego Simeone

Diego Simeone começou sua carreira no futebol como jogador. Um dos grandes volantes que a Argentina já produziu, teve passagens bem sucedidas por gigantes do futebol europeu e pela seleção argentina.

Apesar de ser um exímio jogador, como técnico talvez seja o auge da sua carreira no esporte. Diego logo que pendurou suas chuteiras já pegou a prancheta para assumir seu time. Em 2006, no mesmo ano foi de jogador para técnico do Racing.

De 2006 a 2011, Simeone “pulou” de time em time, até chegar no Atlético de Madrid. Quando chegou ao clube da capital madrilenha, perder para os grandes times do país e do continente europeu era algo normal e conquistar uma simples vaga para UEFA Champions League era motivo de grande festa.

Com um orçamento anual de quatro a cinco vezes menor que um Barcelona ou Real Madrid, por exemplo, a estratégia traçada por Simeone era contar em seu time não com grandes e caras estrelas do futebol mundial, mas sim com jovens jogadores que cresceriam junto com o clube. 

Com um modelo tático sólido onde praticamente o time inteiro ataca e o time inteiro defende, Simeone pode não ter encontrado a mais bela maneira de se jogar futebol, mas certamente encontrou uma das mais efetivas e os resultados não demoraram para aparecer.

Assim que chegou conquistou a Liga Europa, na temporada seguinte, a Copa do Rei, contra o maior rival: o poderoso Real Madrid. Além do título, a vitória teve um sabor ainda maior, de tirar o jejum de 14 anos sem vencer os merengues.

Na temporada 2013/14 o Atlético de Simeone chegou as semifinais da Champions League, depois de derrotar grandes times, como o Barcelona, o Milan e Chelsea. Porém nas semi encontraram o real Madrid e não passaram. Entretanto, a derrota para o Real foi apenas na competição continental, já que o Atlético de Madrid após 18 anos, tornou a conquistar a LaLiga.

Jorge Jesus

Jorge Jesus no comando do Flamengo.

Jorge Jesus é ex-jogador e técnico português, que nasceu na cidade de Amadora. Como treinador comandou times como: Braga, Benfica, Sporting, Al-Hilal e Flamengo.

Mesmo já sendo um técnico de renome, o português revolucionou o Flamengo de uma forma jamais antes vista. Pelo clube brasileiro, ele conquistou a Copa Libertadores, o Campeonato Brasileiro, a Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e o Campeonato Carioca.

Em 2019 se apresentou ao clube e  o Mister, como era chamado pelos adeptos e jogadores de equipe, se tornou, para muitos, um dos maiores treinadores da história do Flamengo, já que obteve nesse tempo mais títulos (6) que derrotas (4).

Com sua forma de comandar, o treinador viu um grande crescimento dos jogadores, o que elevou o time a outro patamar. Em outubro, nas semifinais da Libertadores contra o Grêmio, Jorge Jesus deu uma aula de tática no técnico gremista, Renato Gaúcho – nas duas partidas, o placar agregado ficou 6 a 1 para o Flamengo. Assim, levou o clube da Gávea a final da competição depois de 38 anos e o resto é história.

Apenas um dia após conquistar o troféu da Libertadores, Jorge Jesus entrou para a história do Flamengo ao conquistar o Campeonato Brasileiro, após a derrota do Palmeiras para o Grêmio por 2 a 1. Foi a primeira vez desde 1963, com o Santos de Pelé, que um clube brasileiro conquistou o campeonato nacional e a Libertadores no mesmo ano.

Já em 2020 o técnico venceu a Supercopa do Brasil e a Recopa Sul-Americana e, após vencer o Fluminense, ganhou seu quinto título, o Campeonato Carioca. Rescindiu seu contrato com o Flamengo no dia 17 de julho, rumo ao Benfica.

Julian Nagelsmann

Julian Nagelsmann no comando do RB Leipizig.

O técnico de apenas 33 anos de idade chegou ao RB Leipzig em 2016 e, desde então tem sido um destaque entre os treinadores. Começou sua carreira no esporte como jogador e terminou de forma precoce, mas isso não impediu que ele ficasse longe das 4 linhas.

Nagelsmann teve uma aposentadoria incomum para jogadores de futebol. Com apenas 20 anos, o zagueiro. que se destacava nas categorias de base do Augsburg, sofreu com problemas nas costas e teve que pendurar as chuteiras. A partir daí, ele se formou em Ciência do Esporte e teve como “padrinho” na carreira Thomas Tuchel, ex-técnico do PSG e especulado no Chelsea, que o preparou, convidando-o ao “Grupo de Inteligência” do Augsburg, clube onde Tuchel trabalhava em 2012.

Em seguida, foi para o Hoffenheim, onde treinou as categorias de base até ter uma oportunidade na equipe principal na temporada 2015/16, quando Huub Stevens, então treinador da equipe profissional, foi afastado por problemas de saúde.

A equipe ocupava a vice lanterna no meio da temporada e a missão de fugir do rebaixamento, obviamente, não era nada fácil. Após 14 jogos, 7 vitórias, 2 empates e 5 derrotas, tal objetivo foi atingido, com o Hoffenheim terminando na 14ª posição, uma acima da zona de rebaixamento.

Com um estilo de jogo ofensivo, Nagelsmann firmou contrato para a temporada seguinte e fez história conseguindo classificar o Hoffenheim pela primeira vez para a Champions League.

Após o destaque com o clube, Julian foi chamado pelo RB Leipzig e continuou mostrando um bom trabalho. No clube, conseguiu as primeiras posições na Bundesliga e também brigou bastante na Champions, conseguindo chegar até as semifinais.

É um técnico da nova geração que ainda tem muito a mostrar.

Jürgen Klopp

Jürgen Klopp no comando do Liverpool.

Trilhou praticamente toda sua trajetória profissional no Mainz 05. Inicialmente como atacante, decidiu recuar seu posicionamento até chegar à zaga. Essa mudança pouco convencional trouxe um conhecimento sobre as posições dos jogadores muito importante, que mais tarde foi sua habilidade mais valiosa na carreira com técnico.

Além de ex-jogador do Mainz 05, também passou pela área técnica e foi comentarista esportivo até chegar ao Borussia Dortmund, onde conquistou o bicampeonato nacional e foi finalista da Liga dos Campeões da temporada 2012/2013.

Na metade de 2015, pediu a rescisão de seu contrato e, em outubro do mesmo ano, Klopp assumiu o comando técnico do Liverpool, clube pelo qual conquistou a Champions e o Mundial em 2019 e, logo em seguida, conquistou o título mais aguardado pela a torcida do clube: a Premier League.

O foco do alemão não é somente ter um time ligado dentro de campo, mas construir um ambiente e toda uma mentalidade vencedora ao redor dele. O Liverpool de Klopp conquistou o mundo e o encantou com o seu futebol.

Com seu estilo imponente de jogo, os Reds se tornaram uma máquina que faziam tudo: defender, pressionar, recuperar, construir e contra-atacar.

Pep Guardiola

PEP GUARDIOLA.

Guardiola iniciou sua carreira no esporte com apenas 13 anos de idade, nas categorias de base do Barça. Seis anos mais tarde, fez sua estreia pela equipe profissional. Jogou no time catalão por muitos anos e se aposentou como jogador 2005, depois de passagens pela Roma e Brescia.

Criador da filosofia “Tiki-Taka”, Pep Guardiola encantou o mundo com seu estilo de jogo compacto, envolvente e apoiado. Tudo começou no Barcelona em 2008, quando transformou o clube catalão em uma verdadeira máquina.

Primeiramente foi contratado para ser treinador da equipe B do Barcelona em 2007, no ano seguinte surgiu a oportunidade de chefiar a equipe principal e o técnico mostrou suas habilidades.

Após vencer tudo na Espanha, foi à Alemanha treinar o Bayern de Munique. Atualmente se encontra no Manchester City, da Inglaterra. Por lá, conquistou Premier League, copas domésticas e bateu diversos recordes da liga.

Para você qual é o melhor técnico da atualidade? Conta pra gente! Não se esqueça de escalar seu time no SPM 365.