Um pelo Santos, outro pelo Internacional, os jogadores se tornaram os grandes destaques de suas equipes e lideram o Brasileirão em gols e assistências.

É até difícil falar qual dos dois jogadores foi a maior surpresa do Brasileirão. Marinho passou pelo Grêmio e Cruzeiro e não teve destaque. Em 2019 não teve um ano ruim jogando pelo Santos, mas 2020 tem sido de longe melhor, com o destaque que vem recebendo nesta temporada.

Já Thiago Galhardo fez um bom campeonato pelo Ceará em 2019, o meia-atacante foi contratado pelo Colorado com um certo otimismo, mas ninguém imaginava que o recém chegado viria a se tornar o principal goleador da equipe.

Por isso, trouxemos aqui apanhado dos dois jogadores para você, leitor, decidir quem é o melhor.

Marinho

Marinho, jogador do Santos.

fez sua escalação no SPM 365?

Mário Sérgio Santos Costa, mais conhecido como Marinho (Penedo, 29 de maio de 1990), é um futebolista brasileiro que atua como ponta. Atualmente joga pelo Santos. Começou a carreira no Fluminense em 2008 e realizou sua estreia profissionalmente em um empate por 0 a 0 diante do Atlético Mineiro.

No ano seguinte com apenas 18 anos acabou sendo contratado pelo Internacional por cinco anos. Com poucas oportunidades, Marinho foi emprestado para o Caxias na disputa da Série C de 2011. No mesmo ano foi emprestado novamente, só que, para o Paraná Clube para a disputa da Série B.

Em 2014 foi contratado em definitivo pelo Náutico para a temporada, mas ficou por lá apenas até o final do ano, quando foi contratado pelo Ceará. No “vovô”, acabou sendo um dos destaques do time, o que rendeu sua contratação pelo Cruzeiro para jogar na equipe em 2015.

Com pouco espaço no clube, Marinho foi emprestado para o Vitória até o fim da temporada de 2016, depois a raposa confirmou a venda do jogador para o time baiano.

Em 2017, após uma longa negociação, o jogador foi contratado pelo Changchun Yatai, na China, mas não teve o destaque que esperava. Em duas temporadas o atacante marcou apenas três gols em 22 partidas.

Em 2018, foi anunciado pelo Grêmio novamente, mas não teve destaque na sua passagem e fechou em maio de 2019 com o Santos, em um contrato até 2022.

Os grandes nomes da equipe santista, que tinha Jorge Sampaoli como comandante, eram Soteldo e Sánchez, em 2019, Marinho era um coadjuvante. Mas em 2020, mesmo com o time enfrentando muitas dificuldades, o salto de qualidade de Marinho foi notável. 

E sua evolução passa muito pela chegada de Cuca.Teve golaço de falta, de pênalti, de cabeça, em jogada individual e, claro, com o ‘mini míssil aleatório’, modo como o jogador gosta de chamar seus chutes poderosos.

Ele tem sido o principal nome do Santos no Brasileirão 2020 e foi fundamental para a equipe se afastar da zona de rebaixamento e assumir a sétima colocação na tabela.

Thiago Galhardo

Thiago Galhardo, principal jogador do Internacional até agora.

Revelado pelo Bangu, Galhardo estreou profissionalmente em janeiro de 2010, onde foi o destaque do time, despertando o interesse de gigantes do futebol nacional, como Vasco, Cruzeiro e Botafogo, que o contratou em abril de 2011. No Botafogo, o jogador recebeu poucas oportunidades, estando quase sempre entre os reservas da equipe.

Retornou ao Bangu e ajudou o time a não ser rebaixado para a Série B do campeonato Carioca, mas como o Bangu não disputaria nada de alto nível em 2012, o jogador foi emprestado ao América-RN.

De 2012 até 2016, o jogador passou por vários times de pouca expressão, sendo sempre o destaque da equipe. Terminou o ano na Ponte Preta onde constantemente alternava entre o time titular e reserva, oscilando entre bons e maus momentos.

Em 2017 fechou contrato de empréstimo com o Albirex Niigata para atuar no futebol japonês. O jogador atuou com a camisa 10, ao lado dos brasileiros Rony ex-Cruzeiro, e Douglas Tanque ex-Ponte e Corinthians, além do treinador brasileiro naturalizado japonês: Wagner Lopes, ex-Paraná.

Em janeiro de 2018, o Vasco anunciou a contratação do jogador, que retornou ao Rio de Janeiro após três anos. Em 2018, também oscilou entre o banco e os jogadores titulares. Em 2019, Galhardo não mantinha uma boa relação com a diretoria do Vasco e acabou rescindindo seu contrato pelo cruzmaltino no início do ano.

Em abril foi anunciado pelo Ceará e se destacou pelo clube alvinegro. Thiago também foi considerado um dos heróis que conseguiram manter o Ceará na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Em janeiro, o jogador comunicou sua saída do clube.

Após um bom Campeonato Brasileiro pelo Ceará em 2019, o meia-atacante foi contrato pelo Internacional com boas expectativas. O jogador já vinha atuando bem ao longo de 2020, mas foi após a lesão de Paolo Guerrero que ele mudou de patamar.

Sem Guerrero, Galhardo marcou oito gols pelo Internacional e é o grande responsável por colocar a equipe no topo da tabela do Brasileirão.

É claro que o Campeonato ainda está no começo e muita coisa ainda pode acontecer. Mas até o momento, é impossível negar que Marinho e Galhardo estão entre os principais nomes da competição.

E você, quem acha que é o melhor? Conta pra gente e escale sua equipe no SPM 365!