A Copa do Brasil está entrando na sua reta final e todos os times buscam a vaga para a próxima fase.

O Palmeiras enfrentou o Ceará, o Cuiabá pegou o Grêmio, o Internacional jogou com o América e o Flamengo encarou o São Paulo. Confira o Review das partidas que preparamos para você.

Palmeiras x Ceará

Jogadores comemoram um dos gols contra o Ceará.

O Palmeiras deu um grande passo rumo à semifinal da Copa do Brasil ao vencer o Ceará por 3×0, no Allianz Parque, na partida de ida das quartas de final. Gustavo Scarpa, Raphael Veiga e Gabriel Veron fizeram os gols do verdão em um intervalo de cinco minutos.

Com o resultado, o Palmeiras pode perder até por dois gols de diferença no reencontro, quarta que vem (18), na Arena Castelão, que ainda assim passará de fase. O Vozão precisa de um triunfo por três gols de diferença para levar a decisão do confronto aos pênaltis.

O Palmeiras resolveu o confronto ainda no primeiro tempo, com os gols de Gustavo Scarpa, aos 34 minutos, Raphael Veiga, aos 37, e Gabriel Veron, aos 39. O time até poderia ter feito o quarto logo aos três minutos da etapa final, mas Willian isolou uma oportunidade cara a cara com Fernando Prass.

O Ceará sonhou com o desconto aos 38 do segundo tempo, quando o árbitro chegou a marcar pênalti de Renan em Leandro Carvalho. Após análise do VAR, porém, a decisão foi revertida. Durante a avaliação do vídeo, porém, o técnico Abel Ferreira falou algo que desagradou o juiz Bráulio da Silva Machado e foi expulso.

Já com dez desfalques (Weverton, Gabriel Menino, Gustavo Gómez, Luan, Viña, Esteves, Felipe Melo, Wesley, Luiz Adriano e Luan Silva), o verdão terá no próximo jogo mais uma ausência na volta: o técnico Abel Ferreira, expulso no segundo tempo.

Zé Rafael saiu com dores no pé direito e pode ser outro problema. O Vozão também teve problemas: eram sete ausências, entre elas de Vina, atacante que é destaque em 2020.

Cuiabá x Grêmio

Jogadores do Grêmio comemoram gol sobre o Cuiabá, pela Copa do Brasil.

Escale sua equipe no SPM 365!

O Grêmio venceu o Cuiabá, mas não foi fácil. Na Arena Pantanal, o time de Renato Gaúcho fez 2 a 1 ainda no primeiro tempo e levou pressão na segunda etapa – com direito a duas grandes defesas de Vanderlei e bola na trave. O resultado fora de casa dá vantagem ao clube de Porto Alegre, que pode até empatar na próxima semana que vai às semifinais da Copa do Brasil.

A atuação gremista teve altos e baixos. Lento na hora de atacar, o time gaúcho sofreu pelos lados. O Cuiabá, mesmo cheio de problemas para o jogo, conseguiu duelar. Antes do apito final, foi o Grêmio quem teve chances de marcar e ampliar. Mas não conseguiu ser certeiro.

A equipe cuiabana reclamou de um possível pênalti, após a bola tocar na mão de Lucas Silva (vale ressaltar que, primeiramente, ela bateu no joelho do volante). Depois, esbravejou contra a não anulação de uma penalidade que resultou em gol de Jean Pyerre, o da virada do Grêmio no confronto.

Diego Souza abriu o placar, Willians Santana empatou e Jean Pyerre, de pênalti, garantiu a vitória pouco antes do intervalo. O vencedor do duelo entre Grêmio e Cuiabá pega o vencedor do confronto Flamengo e São Paulo na semifinal.

Internacional x América

Lance da partida Internacional x América.

No Beira-Rio, o América-MG surpreendeu o Internacional e venceu por 1 a 0. Com o placar, o Coelho joga pelo empate para avançar.

Os primeiros minutos foram do América-MG. Com intensidade, o Coelho criou ao menos duas chances claras onde exigiu defesas de Marcelo Lomba. Na terceira oportunidade não teve jeito. Após cruzamento da direita, Rodolfo subiu e cabeceou para dentro da rede, 1 a 0.

Com a necessidade de buscar o placar, o Inter tentou envolver a zaga do América-MG, mas sem sucesso. O jeito foi explorar a bola aérea e Abel Hernández mandou a cabeçada para fora.

Na etapa final o Internacional veio disposto a pressionar o Coelho, porém, o sistema ofensivo não parecia nos seus melhores dias e pouco produzia. Por outro lado, o América-MG era mais perigoso e chegou perto de ampliar com Ademir. Na bomba de dentro da área, Zé Gabriel salvou quase em cima da linha.

Sem participar muito do jogo, Thiago Galhardo apareceu com perigo apenas aos 32 minutos. No cruzamento de Cuesta, o atacante cabeceou e a bola passou perto da trave.

Agora cabe ao Colorado ganhar por dois gols na volta. Se devolver a vantagem mínima, a vaga será decidida nos pênaltis. O jogo da volta entre América-MG e Internacional se enfrentam na próxima quarta-feira, no Independência.

Flamengo x São Paulo

O São Paulo venceu novamente o Flamengo, desta vez pelo jogo de ida das quartas de finais da Copa do Brasil. Todos os gols foram marcados no segundo tempo. Os tricolores foram marcados por Brenner, o segundo numa falha enorme de Hugo Souza, ao tentar driblar o atacante adversário. Gabigol marcou o gol rubro-negro na partida.

Brenner voltou a se destacar e marcar gols pelo São Paulo. Com os dois marcados nesta quarta-feira, já são 17 bolas nas redes na temporada com a camisa tricolor. Nos últimos 11 jogos, o jogador marcou 13 vezes, numa média de 1,18 gol por jogo. Com este desempenho ele foi o mito da rodada do SPM 365, ou seja, ele foi o jogador que mais pontuou na rodada.

Com a vitória, o São Paulo leva a vantagem do empate para o jogo de volta, no Morumbi, na próxima quarta-feira. Na volta, o Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença para avançar. Em caso de vitória rubro-negra pela vantagem mínima, a decisão é nos pênaltis. O gol fora de casa não é critério de desempate na Copa do Brasil.

Para você quem leva o caneco? Não esqueça de escalar seu time no SPM 365!