Ontem tivemos os jogos de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Jogaram Grêmio e Juventude (na Arena do Grêmio), Bahia e São Paulo (na Arena Fonte Nova) e Paysandu e Internacional (no Mangueirão).

Grêmio x Juventude

Ontem o Grêmio recebeu o Juventude para o jogo de volta e deu mais um passo para sair da crise que o tricolor tinha entrado. Desde o início do jogo, o Grêmio fez valer o fator casa e teve muito mais posso de bola que o Juventude. Contudo, foi o alviverde que chegou com perigo primeiro num forte chute cruzado de Eltinho aos 9′.

Aos 25′ da primeira etapa, o Grêmio conseguiu um pênalti depois de Denner tocar a bola com o braço. Mas Jean Pyerre bateu no meio do gol e Marcelo Carné defendou com a perna.

Aos 31′, o mesmo Denner quase marcou em chute colocado no canto inferior esquerdo depois de pegar o rebote de um escanteio. A resposta do Grêmio veio rápida: dois minutos depois Vico recebeu passe aéreo de Everton e cabeceou à para fora mesmo com o goleiro batido no lance.

Aos 39, enfim, o tricolor abriu o marcador. Juninho Capixaba fez jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Vizeu, que desviou para o gol num lance dividido com o goleiro Carné.

O Grêmio seguiu dominando o Juventude com mais posse de bola, até que aos 23 da etapa complementar, em rápida troca de passes, Vizeu anotou o segundo tento da noite depois de assistência de Thaciano.

Depois de decidir o jogo, Vizeu saiu para a entrada de Tardelli. O artilheiro recentemente repatriado perdeu um gol relativamente fácil em jogada que terminou com finalização de dentro da área, mas 2 minutos depois de redimiu com a torcida e guardou o seu.

Destaques

Pelo lado do Grêmio, não há dúvidas de que quem brilhou ontem foi o atacante Felipe Vizeu. Oportunista, o jogador decidiu o jogo em favor dos tricolores e foi o melhor pontuador da rodada com 23,5 pontos.

Pelo Juventude, o nosso destaque vai para o meia Denner, que alcançou 7,5 pontos no nosso fantasy.

Paysandu x Internacional

O Inter não precisaria de muito para garantir a classificação de vez. Depois enfrentar o Paysandu em má fase e vencer por 3×0 o jogo de ida, os colorados sabiam que estavam com um pé na próxima fase.

Mas, apesar da situação favorável, o Inter dominou o jogo todo: em nenhum momento o Paysandu teve mais posse de bola que os gaúchos.

Aos 4 minutos, o peruano Paolo Guerrero teve um gol anulado porque recebeu a bola em posição irregular. Aos 16′, Emerson Santos desviou a bola alçada na área em cobrança de falta e quase inaugurou o placar.

O primeiro tempo terminou com algumas chances boas para o Inter, enquanto o Paysandu seguia sem oferecer perigo. O time paraense só chegou ao ataque com força aos 7 do segundo tempo, quando Lomba foi obrigado a duas belas defesa para interceptar a cabeçada de Nicolas e o chute de Paulo Rangel.

O Inter respondeu rápido e retomou o domínio do jogo. Até que faltando 5 minutos para o fim da partida, Guerrero recebeu passe na entrada da área e chutou forte no canto superior esquerdo da meta do Paysandu para fazer o único gol da partida.

Destaques

No colorado, o destaque da noite foi Guerrero. O atacante, além de marcar o gol da vitória, deu muito trabalho para a defesa do Paysandu em muitos outros lances. Pontuação: 15,5 pontos.

Pelo lado do Paysandu, merece destaque o atacante Vinicius Leite, que esteve envolvido nas poucas chances que seu time criou durante a partida. Pontuação: 5,75 pontos.

Bahia x São Paulo

O Bahia passou com duas vitórias simples pelo São Paulo. Depois de vencer no Morumbi, o tricolor baiano só precisava de um empate para se manter vivo na Copa do Brasil.

A primeira etapa foi bastante equilibrada, com os times falhando em criar chances reais de gol. O São Paulo, aos 36 minutos, conseguiu acertar o travessão de Douglas Friedrich, mas depois o primeiro tempo terminou sem maiores emoções.

No início do segundo tempo, aos 8 minutos, o Bahia conseguiu complicar ainda mais a vida do São Paulo. Em jogada de contra-ataque, Arthur arrancou e colocou Ernando em ótima posição para tocar na saída do goleiro e empurrar a bola para o fundo do barbante.

O São Paulo não conseguiu se impor no jogo e teve de amargar uma eliminação precoce na Copa do Brasil.

Destaques

No tricolor baiano, o goleiro Douglas Friedrich foi o maior pontuador da noite. Sem muitos sustos, o guarda redes mostrou segurança e tranquilidade quando foi requisitado. Pontuação: 14 pontos.

Pelo São Paulo, Hernanes é quem leva o destaque. O médio tem atuações consistentes e praticamente todas as jogadas têm sua contribuição. É peça fundamental do elenco. Pontuação: 9 pontos.

Agora que você leu a review da copa do Brasil, que tal tentar escalar o seu time com a gente e testar seus conhecimentos sobre fantasy futebol?