A Federação Internacional de Futebol, História e Estatística (IFFHS) fez uma lista com as maiores ligas nacionais da década. O Brasileirão apareceu em 3º lugar, atrás apenas da Premier e La Liga, confira!

Vale lembrar que a IFFHS, criada em 1984, é uma organização reconhecida pela FIFA, portanto reúne especialistas no futebol e é responsável por organizar e divulgar estatísticas do mundo da bola.

Para obter esses dados, a organização atribui um sistema de pontuação, para que assim o desempenho dos times possa ser mensurado. Ele é dividido em dois parâmetros: competições internacionais e competições nacionais. Apenas são considerados jogos de competições oficiais que são reconhecidas pela FIFA.

As competições internacionais estão divididas por continente e o seu grau de pontuação é atribuído de acordo com a importância da competição. Por exemplo, uma vitória na Liga dos Campeões da UEFA ou na Copa Libertadores garante mais pontos que uma vitória na Liga Europa da UEFA ou na Copa Sul-Americana, conforme a tabela abaixo:

CompetiçãoPontos por vitóriaPontos por empate
Liga dos Campeões UEFA14,07,0
Liga Europa12,06,0
Libertadores14,07,0
Sul-Americana12,06,0
Liga dos Campeões CAF12,06,0
Copa da CAF7,03,5
Liga dos Campeões AFC9,04,5
Copa AFC7,03,5
Liga dos Campeões CONCACAF9,04,5
Mundial (semifinais)14,07,0
Mundial (final)21,010,5

O mesmo principio é seguido nas competições nacionais. As competições são divididas de acordo com o seu grau de competitividade em 4 níveis distintos. Por exemplo a liga de Itália tem o nível mais alto (4), o que faz com que uma equipe italiana receba mais pontos por uma vitória nacional (4) do que uma equipe de Portugal, já que a Liga Poruguesa esta no nível 3, recebe apenas (3,5) por vitória em cada jogo.

NívelPaísesVitóriaEmpate
4Alemanha
Argentina
Brasil
Espanha
França
Inglaterra
Itália
42
3República Checa
Bélgica
Colômbia
Escócia
Chile
Peru
México
Países Baixos
Paraguai
Turquia
Grécia
Rússia
Uruguai
Portugal
Ucrânia
3,52,0
2Egito
Honduras
Índia
China
Arménia
Arábia Saudita
Camarões
Croácia
Nicarágua
Eslováquia
Senegal
Catar
Malásia
Emirados Árabes Unidos
Kuwait
Japão
Zâmbia
Irlanda
Venezuela
Hungria
Lituânia
Noruega
Geórgia
Argélia
Barém
Albânia
Letónia
Omã
Polónia
Guatemala
Sérvia
Bielorrússia
Gana
Nigéria
Macedónia
África do Sul
Moldávia
Honduras
Eslováquia
Síria
Estónia
Costa do Marfim
Costa Rica
Uzbequistão
Áustria
Bahamas
Coreia do Sul
Azerbaijão
Roménia
Bulgária
Dinamarca
Equador
Israel
Irã
Finlândia
Tunísia
Marrocos
Angola
Jordânia
Suíça
Suécia
Estados Unidos
Austrália
31,5
1Bósnia2,51

A IFFHS somou os pontos de cada ranking anual entre 2011 e 2020 para obter os dados necessários para fazer o ranking de competições. Dessa forma, o desempenho dos clubes em competições do país e continentais foram essenciais para a construção da lista.

 A Série A brasileira acumulou 9.851 pontos, atrás apenas de LaLiga (11.988 pontos) e da Premier League (10.498 pontos).

Depois do pódio composto por Espanha (1º), Inglaterra (2º) e Brasil (3º), vieram as ligas de Itália (4º), Alemanha (5º), Argentina (6º), França (7º), Colômbia (8º), Portugal (9º) e Paraguai (10º).

Nas 10 temporadas consideradas, a Espanha ganhou como a liga mais forte pela IFFHS em 9 anos. Só em 2019 que perdeu a coroa para a Premier League.

Vale destacar também a presença sul-americana, com 4 ligas entre as 10 mais bem listadas:

  1. LaLiga (Espanha): 11.988 pontos
  2. Premier League (Inglaterra): 10.498 pontos
  3. Brasileirão (Brasil): 9.851 pontos
  4. Serie A (Itália): 9.787,5 pontos
  5. Bundesliga (Alemanha): 9.118 pontos
  6. Superliga (Argentina): 8.639 pontos
  7. Ligue 1 (França): 8.594 pontos
  8. Primera A (Colômbia): 7.672 pontos
  9. Primeira Liga (Portugal): 7.217 pontos
  10. Primera División (Paraguai): 6.922,5 pontos

O que você acha da pontuação? Justa ou não? Conta pra gente e não esqueça de escalar seu time no SPM 365!