A primeira fase das oitavas de final da Champions League já começou. Confira quem saiu na frente e quem tem que correr atrás do prejuízo.

Atlético de Madrid 1 x 0 Liverpool

Em um confronto incrível no Metropolitano, o time da casa saiu com a vantagem para encarar o poderoso Liverpool na Inglaterra no jogo da volta. A equipe comandada por Diego Simeone soube utilizar bem sua estratégia de jogo e barrar o avanço de uma equipes com o um dos ataques mais poderosos do mundo.

Logo aos 4′ Saúl marcou um gol para o time espanhol, que segurou a vantagem até o final da partida. Em um jogo de poucas finalizações, a defesa do clube madrileno foi muito superior e deixou as principais peças dos Reds – Salah, Firmino e Mané – sem condições de construir jogadas de gol, tanto que o goleiro Oblak não chegou a fazer sequer uma defesa.

No final, a equipe da casa teve oportunidade de ampliar com Diego Costa, mas o jogador preferiu a jogada individual e acabou por desperdiçar a oportunidade.

Borussia 2 x 1 PSG

Jogando em casa, o Borussia conquistou uma importante vitória contra o PSG. Cada clube com seu estilo de jogo: o clube alemão com um estilo vertical e objetivo, enquanto a equipe francesa apresentou um jogo mais cadenciado com inversões e valorização da posse de bola. No primeiro tempo, pouco aconteceu, no segundo as equipes saíram mais para jogo e aos 15′ Haaland abriu o placar para o Dortmund.

A partir do primeiro gol, o jogo ficou muito mais pegado já que ambas as equipes subiram suas linhas visando sempre o ataque. O PSG conseguiu o empate com Neymar aos 30′ em uma jogada praticamente isolada. Antes de findar as comemorações do gol da equipe parisiense, Haaland novamente marcou e deixou o time alemão mais uma vez na frente.

Ambas as equipes apostaram na mudança de postura de jogo do que na substituição de peças. O time da casa seguiu apostando nas jogadas de velocidade, buscando principalmente Haaland, enquanto os visitantes apostaram na individualidade de Neymar e Mbappé, porém sem muita eficácia.

Atalanta 4 x 1 Valencia

O Atalanta estreou muito bem nas oitavas da Champions e goleou o Valencia por 4×1 em Milão. A equipe italiana dominou a maior parte do primeiro tempo, enquanto os visitantes tiveram apenas uma chance de real perigo: uma bola na trave que assustou o goleiro Pierluigi Gollini, mas nenhuma outra jogada perigosa antes do intervalo.

Aos 16′ Hateboer abriu o placar e assim permaneceu até o finalzinho da primeira etapa, quando Josip Ilicic ampliou com um golaço no ângulo. Na volta para a segunda etapa, o Valencia esboçou uma reação e não converteu uma boa chance com Carlos Soler. Os italianos devolverem o susto, mas dessa vez com as redes balançando: Remo Freuler limpou a marcação e finalizou cruzado, deixando a vantagem ainda maior.

Cinco minutos mais tarde, Hateboer novamente avançou em velocidade e marcou mais um. Minutos depois, Cheryshev, que entrou em campo no lugar de Gonçalo Guedes diminuiu a vantagem do time italiano e marcou o primeiro e único do Valencia. Os espanhóis ainda tentaram pressionar os mandantes, mas nada muito efetivo, deixando uma goleada e um difícil saldo para reverter no jogo de volta.

Tottenham 0 x 1 RB Leipzig

O clube alemão venceu os Spurs por 1×0 fora de casa. Timo Werner marcou de pênalti no início da segunda etapa e o clube ingês conseguiu evitar que o resultado se ampliasse até o final da partida. Os Bulls tiveram um começo avassalador e deram muito trabalho para Lloris, que foi peça fundamental para conter o avanço alemão.

Na segunda etapa, o Tottenham saiu mais para o jogo e teve boa chance para abrir o placar com Lucas Moura, mas na jogada em sequência, Davies derrubou Laimer na área e Werner, em boa cobrança de pênalti, converteu.

Lloris seguiu fazendo boas defesas e sendo o responsável pelo placar magro apresentado. No final da partida, o time inglês esboçou uma reação, mas não foi o suficiente nem mesmo para o empate e agora precisa da vitória fora de casa para permanecer na competição.

Chelsea 0 x 3 Bayern

Em um jogo quente no Stamford Bridge, o Bayern mostrou porque é um dos favoritos ao título este ano. Mesmo jogando fora de casa não se intimidou e marcou três vezes na casa do Chelsea e vai para o jogo de volta com uma boa vantagem.

O primeiro tempo acabou com as equipes empatando por 0x0, mas bastou 3′ da etapa complementar para os bávaros dominarem a partida e marcar duas vezes com Gnabry após tabela com Lewandowski. Com a vantagem no placar o clube alemão explorou as laterais e ampliou com Lewandowski, que agora é o artilheiro da competição com 11 gols marcados.

O Chelsea não conseguiu impôr seu estilo de jogo e agora terá que uma difícil tarefa pra reverter o resultado fora de casa.

Napoli 1 x 1 Barcelona

View this post on Instagram

⏱ Full Time ⚽ #NAPBAR 1-1 💙 #ForzaNapoliSempre

A post shared by SSC Napoli (@officialsscnapoli) on

O Napoli abriu o placar dentro de casa e fez o Barça correr atrás do prejuízo no San Paolo. O clube de casa marcou primeiro com Mertens em um golaço aos 30′. O Barça tinha a maior posso de bola, mas não conseguia furar o bloqueio defensivo italiano. Aos 57′ Griezmann conseguiu furar a retranca e deixar tudo igual.

No final do jogo o Napoli teve a chance de ampliar, mas Ter Stegen salvou o clube catalão. Com o resultado, o Braça leva a vantagem do empate sem gols no jogo da volta.

Lyon 1 x 0 Juventus

Jogando em casa, o time francês levou a melhor sobre a velha senhora e carrega a vantagem para o jogo da volta. O Lyon foi superior no primeiro tempo e pressionou a área adversária muitas vezes, garantindo ainda na primeira etapa o gol da vitória. Em bela jogada, Houssem Aouar cruzou perfeitamente para Lucas Tousart, que encaixou perfeitamente e mandou para o fundo das redes.

No primeiro tempo a Juve não conseguiu encaixar suas jogadas e teve dificuldades. Na etapa complementar, mesmo atrás no placar a velha senhora se superarou e construiu melhores jogadas, porém nada que conseguisse penetrar a defesa do Lyon, que se fechou muito bem. O astro do time italiano, Cristiano Ronaldo, não teve destaque e perdeu muitas oportunidades, deixando o brilhantismo do time para o companheiro Dybala, que levou muito perigo, mas não teve companhia nem sorte nas finalizações.

Real Madrid 1 x 2 Manchester City

Em um primeiro tempo muito morno, nenhuma das duas equipes conseguiram levar muito perigo ao adversário, mas o segundo tempo mostrou duas equipes ávidas por gols. O Real Madrid, jogando com o apoio da torcida, chegou à frente algumas vezes nos 15′ inciais, mas os Citizens criaram as melhores jogadas.

O time madrilenho parecia desorganizado e assistia o clube inglês jogar. Apesar dos pesares, o clube mandante abriu o placar e o time de Guardiola se desestabilizou. O Real seguiu explorando jogadas laterais, abusando de Vinícius Júnior e, mais tarde, Bale. Aos 68′ Gabriel Jesus deixou tudo igual e inverteu o curso da partida.

Aos 82′ Sterling invadiu a área do Real e foi derrubado por Carvajal, resultando em pênalti marcado para os Blues. De Bruyne cobrou e marcou, deixando os adversários abatidos e garantindo uma importante vitória na competição.

Qual é seu favorito para levantar a orelhuda? Que tal um time com os astros de todos os clubes da Champions? Faça já seu cadastro no SPM 365 e vem escalar com a gente!