Na reunião anual da IFAB (International Football Association Board), algumas mudanças nas regras do futebol foram aprovadas e podem já estar valendo para as Olimpíadas deste ano.

A IFAB (International Football Association Board) é o órgão que regulamenta as práticas e regras do futebol em todo mundo. Anualmente o comitê convoca uma assembleia para discutir o que deve acontecer com as regras no ano. Este ano, a reunião teve sede em Belfest, Irlanda do Norte, e conjuntamente discutiram sobre substituições em caso de contusão e sobre a regra do impedimento.

Sobre as substituições, o comitê deliberou que são necessários mais testes e dados para propor a possibilidade da se alterar as regras do esporte. A FIFA demonstrou muito interesse em realizar estes testes nas modalidades feminina e masculina do esporte nos Jogos Olímpicos em julho deste ano.

Sala de reuniões com os chefes da IFAB reunidos.

Já conhece o SPM 365? faça já seu cadastro e vem escalar com a gente!

Sobre o caso do impedimento, subdivisões da IFBA devem ser consultadas para que a mudança na regra possa realmente acontecer, como o Technical Advisory Panel (TAP) e o Football Advisory Panel (FAP) que são compostos por especialistas de futebol de todo o mundo.

O primeiro é composto por ex-jogadores, treinadores antigos e atuais e representantes da Federação Internacional de Futebolistas Profissionais. Já os membros da FAP trazem sua experiência e conhecimento para as discussões sobre questões futebolísticas e os aspectos esportivos de possíveis mudanças na Lei.

Ainda não houve uma conversa sobre quando testes podem ser feitos e os prazos para a alteração, a proposição é que se qualquer parte do corpo que possa marcar um gol estiver na mesma linha do penúltimo defensor, mesmo que outras partes estejam na frente, o impedimento não será marcado. A intenção é tirar as decisões difíceis por frações do atacante estarem a frente. A medida é uma forma de alimentar o espírito ofensivo do jogo, que agora com cada vez mais tecnologia, elimina o caráter interpretativo de alguns lances.

Outra regra discutida foi o contato dos braços com a bola. Abaixo, a ilustração usada pela IFAB sobre o que será considerado toque irregular a partir de junho. Caso a bola toque a área da manga da blusa (em amarelo) o jogo deve seguir e a falta só poderá ser marcada caso a bola toque na área vermelha da imagem. Mas, como podemos ver na reposta ao tweet original, a regra ainda deixa margem para dúvidas.

Além das mudanças nas regras, a reunião também mostrou que a instituição (IFBA) seguirá buscando maneiras de evitar assédio aos árbitros e evitar o confronto físico com excessividade entre os jogados, bem como busca ajudar a facilitar o acesso de campeonatos com orçamento mais baixo ao árbitro assistente de vídeo, o VAR, no mundo inteiro.

Cadastre-se grátis no SPM365