Todos os times brasileiros venceram seus adversários estrangeiros e Grenal ficou marcado por confusão generalizada no fim da partida.

Santos 1×0 Delfin

O Peixe recebeu o Delfin na Vila Belmiro e teve de jogar com os portões fechados por causa de uma punição aplicada pela CONMEBOL. A ausência da torcida, que não é lá tão grande assim, não fez tanta falta e os donos da casa mostraram desde o início que queriam a vitória.

O Santos errou algumas finalizações até que, aos 29, Lucas Veríssimo desviou de cabeça e fez aquele que seria o único gol da partida. O Delfin até tentou pressionar na segunda etapa, mas Santos soube se defender bem e manteve os 100% de aproveitamento na Liberta.

Já conhece o SPM 365? Então venha montar seu time com a gente!

São Paulo 3×0 LDU

Depois da derrota para o Binacional, o São Paulo precisava fazer valer seu mando de campo para não correr o risco de se complicar na Liberta. O tricolor Recebeu a LDU e logo no começo do jogo a torcida tinha motivos para pensar que seria uma noite favorável. Reinaldo abriu o placar de pênalti aos 13 minutos e menos de 2 minutos depois, deu assistência para Daniel Alves ampliar a vantagem.

Aos 15′ da etapa complementar, quem guardou a bola nas redes foi Igor Gomes. A LDU não teve uma boa atuação e não conseguiu criar uma chance de gol sequer. O lance de destaque do time equatoriano foi a agressão de Sornoza (nossa dica da rodada, que vacilo!) em Daniel Alves NA FRENTE do árbitro. Vermelho direto para ele e se já estava difícil para a LDU, depois disso ficou impossível.

Grêmio 0x0 Internacional

Foi um jogo interessante. O duelo caminhava muito bem, com várias chances de gol para ambos os lados até que um lance gerou uma confusão generalizada.

Numa disputa de bola próxima ao lado esquerdo da defesa do Inter, Moisés e Pepê começaram a discutir e os outros atletas entraram no meio. Quando a confusão estava aparentemente controlada, sem maiores problemas e agressões, o clima esquentou de novo e o campo virou uma zona de guerra. Reservas, comissão técnica e até a polícia entraram no gramado.

Resultado: nenhum gol, 4 expulsos de cada lado e mais um episódio vergonhoso para o futebol nacional.

Veja a classificação dos grupos da Libertadores: