Marcelo é um grande ídolo do Real Madrid e é um dos maiores jogadores da história do clube. Conheça a história de um dos melhores lateral-esquerdo do mundo.

Marcelo Vieira da Silva Júnior nasceu no dia 12 de maio de 1988, na cidade do Rio de Janeiro, RJ. Apaixonado por futebol desde criança, começou jogando futsal, mas logo depois foi jogar nas categorias de base do Fluminense. Por dificuldades financeiras, quase abandonou a carreira, mas contou com a ajuda do seu avô, Pedro, que o ajudou a continuar seguindo seu sonho.

Em 2005, Marcelo foi promovido para a equipe principal do Fluminense pelo então treinador do time, Abel Braga. No ano seguinte, se tornou titular sob o comando de Oswaldo de Oliveira. Com o clube carioca, o lateral-esquerdo conquistou dois títulos: o Campeonato Carioca e a Taça Rio, os dois em 2005.

Por sua habilidade, começou a chamar a atenção de grandes clubes europeus. Em novembro de 2006, foi contratado pelo Real Madrid. Com 18 anos, o jogador assinou com a equipe merengue por um valor de 7 milhões de euros por seis temporadas.

Marcelo aos 18 anos no Real Madrid.

Ele chegou ao clube merengue com a difícil missão de substituir ninguém menos que Roberto Carlos, no qual o mesmo disse que o lateral seria perfeito para substitui-lo: “Marcelo possui uma melhor capacidade técnica do que eu”.

Fez sua estreia como substituto no jogo contra o La Coruña, pelo Campeonato Espanhol em janeiro de 2007. Manuel Pellegrini, treinador da equipe na época, colocou Marcelo para jogar como ala. Mas quando José Mourinho assumiu o clube, em 2010, voltou a ser relacionado como lateral-esquerdo.

Seu bom rendimento no clube lhe rendeu uma renovação de contrato em fevereiro de 2010. Inicialmente, o acordo era válido até 2013, mas com a atualização, foi estendido para até junho 2015. Depois disso, Marcelo teve mais duas renovações de contrato. Em julho de 2015 estendeu para até 2020 e em setembro de 2017 aumentou seu contrato para até 2022.

Marcelo é considerado um dos maiores ídolos do Real Madrid, e foi elogiado por jogadores como Diego Maradona e Paolo Maldini. Conquistou 28 troféus com o Real Madrid, entre eles quatro Champions League. Esteve no Time do Ano da UEFA em 2011 e 2015.

Ele também é um dos grandes nomes da Seleção Brasileira. Jogou pelas categorias sub-17, sub-20 e sub-23 até ser promovido para a equipe principal. Sob o comando de Dunga, foi convocado pela primeira vez em agosto de 2006 e estreou em junho de 2007 em amistoso contra a Turquia.

Marcelo na seleção.

Foi campeão com a Seleção Brasileira no Campeonato Sul-Americano Sub-17, em 2005, e da Copa das Confederações, em 2013.

Marcelo é casado com sua namorada de infância, Clarisse Alves, desde 2008. O casal tem dois filhos, Enzo e Liam.

Títulos conquistados

Além de ter sido nomeado pela FIFA no dia 25 de novembro de 2010 como um dos 55 jogadores para o FIFA World XI que provavelmente é um título pessoal, Marcelo tem em sua carreira uma boa lista de triunfos:

Fluminense

Não teve muito tempo para disputar grandes títulos mas ainda conseguiu sair com dois na lista:

  • Campeonato Carioca: 2005
  • Taça Rio: 2005

Real Madrid

No Real Madrid o esquema foi diferente, Marcelo chegou para um clube que atualmente é o mais rico do mundo e que vem ganhando mais títulos na Europa:

  • Mundial de Clubes: nas edições de 2014, 2016 e 2017;
  • Champions League: nas edições de 2013/14, 2015/16, 2016/17 e 2017/18;
  • Supercopa da UEFA: nas edições de 2014, 2016 e 2017;
  • La Liga: nas edições de 2006/07, 2007/08, 2011/12 e 2016/17
  • Copa do Rei: nas edições de 2010/11 e 2013/14;
  • Supercopa da Espanha: nas edições de 2008, 2012 e 2017;
  • Troféu Santiago Bernabéu: nas edições de 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2013 e 2015;

Seleção Brasileira

Com a seleção brasileira não foi diferente, além do tão sonhado HEXA por ele e outros atletas, Marcelo já conquistou:

  • Campeonato Sul-Americano Sub-17: 2005
  • Copa das Confederações: 2013

O Marcelo geralmente é escalado no seu time? Conta pra gente! Não esqueça de fazer sua escalação no SPM 365.