Em final de semana recheado de gols, dois dos maiores times da Inglaterra sofreram com atuações irreconhecíveis e saíram de campo goleados por seus rivais

Aston Villa 7×2 Liverpool

Aston Villa 7x2 Liverpool quarta rodada premier league

O Liverpool, atual campeão da Premier League, foi à Birmingham enfrentar o Aston Villa pela quarta rodada e sofreu uma das maiores derrotas de sua história. Watkins, que anotou um hat-trick, foi o principal nome do jogo, mas Grealish com dois tentos e três assistências não ficou muito para trás.

Logo cedo, aos 4′, os Reds erraram a saída de bola e Watkins abriu o marcador depois de um passe de Grealish. Aos 22′, novamente a dupla Grealish-Watkins balançou as redes depois de um lançamento em profundidade. O Liverpool reagiu com Salah, que aproveitou uma sobra de bola dentro da área e reduziu a diferença.

O terceiro do Aston Villa veio de um chute seco de McGinn. A defesa fastou um cruzamento para a frente da área e o volante pegou a sobra de primeira. O chute não seria perigoso se não fosse o desvio em Van Djik, que matou o goleiro Adrian. O 4×1 veio depois de um lance peculiar: Barkley cobrou a falta em direção à área e toda a defesa do Liverpool parecia ter desistido do lance. Trezeguet dominou na linha de fundo e buscou Watkins, que escorou de cabeça.

Na segunda etapa, os anfitriões trataram de mostrar ao Liverpool que queriam mais. Barkley chutou de fora da área e, mais uma vez, o Aston Villa contou com um desvio que tirou as chances de Adrian. Salah, cinco minutos depois, foi oportunista e descontou mais uma vez, mas não tinha jeito.

Grealish ainda marcou outras duas vezes com assistências de Watkins (aos 66′) e McGinn (aos 75′) e fechou essa vitória histórica. O Liverpool não levava sete gols em um jogo desde 1963 e não sofria um hat-trick desde 2010.

Manchester United 1×6 Tottenham

04/10/2020 Manchester United 1x6 Tottenham premier league quarta rodada

O Manchester United até saiu na frente com Bruno Fernandes (de pênalti) aos dois minutos de bola rolando. Mas, infelizmente, o que veio depois foi uma virada avassaladora.

Antes dos 5′ de jogo, Ndombélé já tinha empatado e, aos 7′, Heung-Min Son já tinha virado para os visitantes em uma jogada rápida. Aos 28, Martial foi expulso por agredir Erik Lamela. Com um homem a mais, o Tottenham precisou de apenas 8 minutos para marcar mais dois gols (Kane e Heung- Min Son, pela segunda vez).

A primeira etapa fechou em 4×1 e no segundo tempo ainda coube mais. Aurier aos 51′ com um chute cruzado de dentro da área e Kane fechou a humilhação com uma penalidade máxima convertida aos 79′.

Qual dos dois resultados foi mais impressionante para você? Deixei sua opinião nos comentários!