Alguns técnicos brasileiros possuem bons salários, tanto que poucos buscam carreira fora das terras tupiniquins. Confira a lista dos 5 técnicos mais bem do país!

Por aqui já falamos sobre os jogadores que mais faturam no futebol brasileiro. Mas já ficou curioso para saber quanto ganha os comandantes? Separamos uma lista com os cinco técnicos que possuem os maoires salários.

5. Cuca

Cuca no comando do Santos.

Cuca iniciou sua carreira de jogador no Santa Cruz (RS), em 1984, e três anos depois chegou ao Grêmio, onde se destacou.

Depois de deixar o Grêmio, Cuca teve passagens menos marcantes por outros grandes clubes, como Internacional, Palmeiras e Santos. Até que, em 1996, aos 33 anos de idade, decidiu encerrar sua carreira como atleta.

Dois anos após parar de jogar, formou-se em Educação Física e Ciência do Esporte, então Cuca deu início a sua carreira de treinador. Em 2003 ganhou evidência pela ótima campanha com o Goiás e no ano seguinte já foi para o São Paulo.

Passou por grandes clubes brasileiros, como Grêmio, Flamengo, Botafogo, Santos, Fluminense, Cruzeiro, Atlético-MG (onde conquistou historicamente a Copa Libertadores em 2013) e atualmente tem morada na Vila Belmiro.

Atualmente é o quinto técnico mais bem pago do Brasil, com o salário em torno de R$ 420 mil reais por mês.

4. Vanderlei Luxemburgo

Vanderlei Luxemburgo no Palmeiras

Já conhece o SPM 365? Faça já seu cadastro!

Luxemburgo, ou Luxa como é conhecido, é um ex-jogador, que atuava como lateral-esquerdo. Atualmente é técnico do Palmeiras.

Começou sua carreira como técnico em 1980, com apenas 28 anos e esteve no comando de muitos clubes expressivos, tanto nacionais, quanto internacionais. Atuou vom o Flamengo, Santos, Vasco, Atlético-Mg, Cruzeiro, Corinthians, Grêmio, Fluminense, Real Madrid, Al-Shabab, da Seleção Brasileira e muitos outros.

É o único, no comando técnico de um clube que conquistou cinco vezes o Campeonato Brasileiro e nove vezes o Campeonato Paulista. Em 2019 teve uma boa passagem pelo Vasco, assim o Palmeiras abriu as portas para o velho conhecido da casa e o contratou como técnico para a temporada de 2020.

Luxa tem o salário em torno de R$600 mil mensais.

3. Eduardo Coudet

Eduardo Coudet no Internacional

Eduardo Coudet é um técnico argentino de 46 anos, anteriormente foi jogador de futebol, na posição de meio-campo.

Se aposentou do futebol em 2011 e tem uma careira “curta” como técnico. Coudet começou em 2015, no comando da equipe Rosário Central. Em 2017 foi para o Tijuana e em 2018 comandou o Racing. Em 2020 veio para as terras brasileiras para ser o novo técnico do Internacional.

Como jogador já venceu o campeonato argentino 5 vezes e como técnico venceu uma vez, na temporada 2018-19 com o Racing.

No Colorado, o argentino de 45 anos ganha R$ 700 mil por mês.

2. Renato Gaúcho

Renato gaúcho no Grêmio

Renato Portaluppi, também conhecido como Renato Gaúcho, é um técnico e ex-futebolista brasileiro que atuava como ponta-direita. Atualmente comanda o time do Grêmio.

É considerado um dos maiores pontas mundiais dos anos 1980 e início dos anos 1990 e obviamente ídolo da torcida do Grêmio, por onde conquistou a Copa Libertadores da América e da Copa Intercontinental em 1983 .

Como treinador do Grêmio, foi campeão da Copa do Brasil em 2016, da Copa Libertadores da América em 2017 e da Recopa Sul-Americana em 2018. Ao conquistar a competição continental em 2017, Renato entrou para o seleto grupo de pessoas que conquistaram a Copa Libertadores da América como jogador e também como treinador, sendo o primeiro brasileiro a conseguir tal feito.

Atualmente é o segundo técnico mais bem pago do Brasil, estima-se que ele receba em torno de R$ 900 mil a R$ 1 milhão para comandar o time.

1. Jorge Sampaoli

Jorge sampaoli no Altético-MG

O argentino Jorge Sampaoli é o técnico mais bem remunerado do Brasil atualmente, que veio para o Atlético-Mg com muitas demandas e um projeto bastante arrojado. É um ex-futebolista argentino que atuava como lateral-direito.

Depois de sua carreira como jogador e, após uma grave lesão, decidiu ser técnico. Começou treinando o Coronel Bolognesi, do Peru, em 2004, e continuou com breves, mas, bem-sucedidos trabalhos no O’Higgins, do Chile, e no Emelec, do Equador. 

Foi muito elogiado pela campanha com a Universidad de Chile, onde conquistou três campeonatos Chilenos e uma Copa Sul-Americana, o que levou o técnico ao comando da Seleção Chilena.

Depois da Seleção foi contratado pelo Sevilla, em seguida foi o técnico da Seleção Argentina. Em 2019 comandou o Santos e agora está na frente do galo mineiro.

Estima-se que apenas o salário do treinador gira em torno de R$ 1 milhão mensal.

Agora é sua vez de ser o técnico da sua própria equipe! Escale agora seu time no SPM 365.