Sem grandes surpresas, todos os favoritos se classificaram para as quartas de final da competição com uma vitória.

Torneio #1

Shaktar 3×0 Wolfsburg

O Shaktar veio para o segundo jogo como favorito. Venceu o Wolfsburg, na Alemanha, por 2×1 e dificilmente perderia a classificação no jogo de volta. Na quarta feira, o jogo estava bastante movimentado com alternância entre os ataques, mas nada de gols. No segundo tempo, as duas equipes continuaram buscando o gol e Davit Khocholava foi expulso aos 67′ quando parou uma clara chance de gol do Wolfsburg.

Era o que o Wolfsburg precisava para pressionar e buscar o primeiro gol, mas logo aos 70′ John Brooks foi expulso depois de uma falta que lhe rendeu seu segundo amarelo e ambos os times ficaram com um homem a menos em campo. Entretanto, no finalzinho quando o empate parecia certo, o Shaktar marcou três gols em cinco minutos (89′, 91′ e 93′) e cravou seu nome nas quartas.

No SPM 365 você pode ganhar dinheiro enquanto se diverte com o futebol. Escale seu time e concorra aos prêmios!

Manchester United 2×1 LASK

A classificação já parecia definida depois do 5×0 para o Manchester no jogo de ida. Ontem, vimos um jogo relativamente equilibrado que teve um placar condizente com o que aconteceu em campo, mas certamente porque o Manchester sabia que já estava com os dois pés na próxima fase. O LASK abriu o placar no início do segundo tempo, aos 55′, mas a resposta dos Red Devils veio logo depois, aos 57′, com Jesse Lingard. No fim, Anthony Martial virou a partida e fechou o caixão dos austríacos.

Inter 2×0 Getafe

O Getafe veio de uma uma boa temporada no espanhol. Mesmo irregular ao longo do campeonato, foi uma das surpresas e chegou até a estar na zona de classificação para a Champions League. Contra a Inter, o favoritismo era dos italianos, mas os espanhóis conseguiram incomodar bastante até os 25′ do primeiro tempo. Depois disso, a Inter se recompôs e cresceu até marcar seu primeiro gol com Lukaku depois de um lançamento de Bastoni.

No segundo tempo, um cenário parecido. Getafe com mais volume nos primeiros minutos, mas a Inter conseguiu a recuperação e Eriksen marcou o último gol do jogo aos 83′, depois que a defesa do Getafe afastou mal um cruzamento de D’Ambrosio.

Torneio #2

Sevilla 2×0 Roma

Em um jogo que o Sevilla era só um pouco mais favorito que a Roma, os espanhóis levaram a melhor. O Sevilla começou bem melhor e impôs um ritmo forte a casa dos 30′ (Sergio Reguilón abriu o placar aos 21′); só depois disso a Roma conseguiu por a bola no chão e encaixar algumas jogadas mais perigosas, mas no fim do primeiro tempo Youssef En-Nesyri ampliou para o Sevilla.

No segundo tempo a Roma não teve escolha e partiu para o ataque. Houve uma melhora no ritmo de jogo, o time conseguiu finalizar mais, mas ainda continuou inferior ao Sevilla.

Bayer Leverkusen 1×0 Rangers

Um dos times mais interessantes da Alemanha, apesar da inconsistência, o Bayern tinha vencido o jogo de ida por 3×1 e era esperado que vencesse os Rangers novamente. Dessa vez, o placar foi mais magro, mas os alemães foram superiores na maior parte do tempo e os visitantes pouco assustaram, já que tiveram apenas uma chance de gol. Moussa Diaby anotou o tento da vitória.

Wolverhampton 1×0 Olympiacos

Depois do empate por 1×1 na Grécia, os Wolves conseguiram a vitória pelo placar mínimo e garantiram a sobrevivência na Europa League. Raúl Jiménez abriu o placar logo aos 8 minutos iniciais com um gol de pênalti e a rede não balançou mais, mas não por falta de tentativas. Apesar da maior posse de bola dos visitantes (65% contra 35% dos donos da casa), a partida teve um total de 28 finalizações com leve superioridade do Olympiacos. Mas o placar ficou mesmo no 1×0 e esse belo projeto do técnico Nuno Espírito Santo, felizmente, avançou às quartas.

Ansioso para a próxima fase da Liga Europa? Conte nos comentários quem você acha que vai classificar para as semis!