Alguns grandes astros do futebol não se contatarem apenas com sua carreira e decidiram ajudar a família a conquistar seu lugar no esporte também.

Ethan Mbappé

View this post on Instagram

♦️♥️♣️♠️… #BrotherMood

A post shared by Kylian Mbappé (@k.mbappe) on

O nome soa familiar? O irmão mais novo de Kylian Mbappé faz sucesso nas categorias de base do Paris Saint German. Com o ímpeto de um jovem de 13 anos, o jogador se destaca entre os demais e já despertou olhares de outros times.

O Real Madrid já viu o garoto jogar e não esconde o desejo em treinar o jovem. Ethan joga em uma posição mais recuada que seu irmão, como meia e é canhoto.

Com apenas 13 anos e cachos ao vento, Ethan é uma das grandes promessas das categorias de base do PSG.

Cristiano Ronaldo Júnior

View this post on Instagram

Parabéns 👌

A post shared by Cristiano Ronaldo (@cristiano) on

O primogênito do astro CR7 começou a treinar com o sub-9 da Juventus assim que seu pai entrou para o time. Em pouco tempo ele já se mostrou um grande reforço para a base e, apesar da pouca idade, já mostra que herdou a genética do pai e se destaca entre os outros jogadores.

Cristianinho usa o mesmo número que o pai, 7, e foi carinhosamente apelidado pelos fãs de robozinho, em alusão ao seu pai, devido sua habilidade.

Cristiano Ronaldo Júnior marcou 19 gols em 5 jogos no campeonato internacional de base disputado na Ilha da Madeira, Portugal. Ainda é muito cedo para falar em um novo astro, mas com certeza o filho de Cristiano Ronaldo já é um destaque entre os demais.

Gianluigi Donnaruma e Antônio Donarumma


Os irmãos Antônio e Gianluigi Donnaruma, além de compartilharem o amor pelo esporte, dividem também a mesma posição e o mesmo clube. Ambos atuam pelo time profissional do Milan, da Itália.

Gianluigi é o mais novo e atualmente tem 20 anos. O atleta foi revelado pelas categorias de base do Milan por onde permaneceu até ter sua chance no time profissional.

Em outubro de 2015 Gianluigi teve sua estreia como profissional, o que deu a ele o título de goleiro mais jovem a defender o Milan, aos 16 anos e 8 meses de idade. Hoje me dia é o goleiro titular do clube.

Antonio Donnaruma também jogou nas categorias de base do Milan, mas antes de ascender a primeira equipe, foi emprestado ao Piacenza e entre empréstimos e transferências, retornou ao clube em 2017 para jogar ao lado de seu irmão.

Juan Sebatián Verón

Verón é tido por muitos como um dos melhores volantes do futebol. O argentino tem genética para tal, apelidado de “La brujita”, em homenagem ao seu pai, Juan Ramón Verón que também defendeu a camisa do Estudiantes.

O volante tem muitos ápices na carreira, o maior talvez tenha sido a Taça Libertadores da América de 2009, na qual levou o Estudiantes a vitória depois de vencer o Cruzeiro de virada no Mineirão.

Também defendeu a Seleção Argentina nos mundiais de 1998 e 2002. Voltou a defender o país sob o comando de Alfio Basile na Copa América de 2007 e jogou também as eliminatórias da Copa do Mundo em 2010 convocado pelo técnico Diego Maradona.

Rafinha e Thiago Alcântra

View this post on Instagram

♥️

A post shared by Rafinha Alcantara (@rafalcantara) on

Os irmãos Thiago e Rafael Alcântra além de terem suas carreiras no futebol, seguiram os passos do pai, que juntamente a Seleção Brasileira venceu a Copa do Mundo de 1994.

Atualmente, Rafinha e Thiago jogam pelo Celta de Vigo e Bayern de Munique respectivamente. Seguindo os passos do pais, ambos tem feito carreiras brilhantes no futebol.

Antes de cada um tomar o próprio caminho, jogaram nas categorias de base do Barcelona e mostraram seu valor lá. Rafinha, apesar de defender a camisa do Celta, ainda é do Barcelona e joga por empréstimo no time rival.

Thiago permaneceu no Barcelona até 2013, em seguida foi contratado pelo clube alemão Bayern onde está até hoje.

Qual é a melhor família do futebol para você? Cadastre-se no SPM 365 e escale seu time!

Cadastre-se grátis no SPM365