United perde na Turquia, RB vira para cima do PSG e Sevilha vence mesmo com um homem a menos. Chelsea, Juve e Barça também venceram.

Istanbul Basaksehir 2×1 Manchester United

Os Diabos Vermelhos chegaram à terceira rodada com 100% de aproveitamento e eram francos favoritos para o confronto diante do Basaksehir, que nunca tinha vencido um jogo sequer na UCL.

Entretanto, o time inglês fez uma exibição muito abaixo do esperado e chegaram a estar atrás no placar por dois gols. O primeiro dos donos da casa surgiu depois de uma falha bizarra da defesa do Manchester, que concentrou todo os seus 10 homens de linha no último terço do campo e se esqueceu que alguém precisava fazer o balanço defensivo:

istanbul basaksehir 2x1 manchester united champions league 2020 liga dos campeões

Visca, com a bola no lance, buscou Demba Ba, o homem de laranja mais avançado na foto, e ele não teve muitas dificuldades para conduzir até a área adversária e vencer De Gea.

RB Leipzig 2×1 PSG

O PSG, depois de perder na primeira rodada para o Manchester por 2×1, se recompôs diante do Basaksehir e chegou à Alemanha com chances de vencer o Rb Leipzig, mesmo sem Neymar e Mbappe. Os alemães, por outro lado, buscavam a recomposição depois de serem goleados pelo United na segunda rodada.

O jogo começou com vantagem para os franceses, que abriram o placar logo aos 6′ com Di Maria. 10 minutos depois, Moise Kean chutou e a bola desviou no braço de Upamecano. Di Maria cobrou a penalidade, mas parou em Gulacsi e perdeu a chance de garantir uma boa vantagem diante de um forte adversário.

O jogo seguiu bastante aberto, com as equipes buscando criar chances mas sem de fato conseguirem levar algum perigo. Até que Di Maria, aos 37, fez o segundo do PSG, mas o gol foi anulado porque o argentino estava em posição de impedimento. O mesmo fim teve o gol de Kean, aos 39′, depois de um rebote de Gulacsi.

RB Leipzig 2x1 PSG champions league 2020 liga dos campeões

Mas quem não faz, leva. E aos 41, o castigo veio: Nkunku bateu rasteiro da entrada da área e acertou o cantinho direito de Navas, que se esticou mas não conseguiu evitar o tento. A virada veio depois de Kimpembe cometer um pênalti bastante displiscente: o zagueiro dominou a bola com a mão em um lance que poderia ser perfeitamente resolvido sem infrações. Poulsen, que não tinha nada a ver com isso, guardou a bola na meta francesa e marcou o último gol do jogo.

Agora, o PSG está em uma situação bastante complicada, já que, faltando três rodadas para o fim da fase de grupos, está em terceiro lugar no grupo e com três pontos de desvantagem para RB Leipzig e Manchester United.

Sevilha 3×2 Krasnodar

Antes da Champions começar, dizíamos que o Sevilla perderia a Champions de propósito para jogar a Liga Europa (e ganhá-la como fez nos seus quatro títulos nos últimos sete anos). Contra o Krasnodar, parecia que o plano estava em ação, mas o Sevilha conseguiu se recuperar e buscar os três pontos.

O time russo, que na melhor das expectativas sairia de Sevilha com um empate, esteve na frente do placar por duas vezes. Mesmo com os donos da casa pressionando desde o minuto inicial, foram os visitantes que inauguraram o marcador: aos 16′, quando chegaram com perigo pela primeira vez, Marcus Berg sofreu falta na entrada da área; Shapi Suleymanov cobrou com maestria e Vaclik sequer pulou na bola.

Quatro minutos depois, o VAR recomendou ao árbitro que revisasse um lance de possível pênalti para o Krasnodar e o árbitro acertou em dar a penalidade. Marcus Berg, o centroavante do time russo, cobrou e ampliou a vantagem. Ainda antes do fim da primeira etapa, Rakitic descontou para o Sevilha, mas Navas tornou a reação mais difícil ao ser expulso nos acréscimos.

Mesmo assim, o Sevilha não desistiu e voltou do intervalo pressionando o Krasnodar como se estivesse com onze homens em campo. Teve Aos 60′, Lopetegui fez duas alterações que foram cruciais para a vitória: colocou Fernando, um homem de contenção no meio, no lugar de Munir El Haddadi, e colocou Youssef En-Nesyri para dar sangue novo ao ataque.

Sevilla 3x2 Kranodar champions league 2020 liga dos campeões

E foi do atacante marroquino que a virada veio. Ele empatou aos 68′ num lance de muito oportunismo, já que aproveitou uma falha na saída de bola. Não muito depois, o terceiro gol espanhol saiu: a bola foi alçada na área na direção do gol e, mesmo sem ninguém encostar na redonda, ela acabou pode beijar a trave. Na sobra, Nasyri encheu o pé e estufou a rede da meta russa.

A vitória colocou o Sevilha em posição bastante confortável. A nove pontos do fim, o time divide a liderança do grupo com o Chelsea e ambos possuam 6 pontos de vantagem em relação aos outros dois times do grupo.

Qual foi a melhor partida da rodada na sua opinião? Deixe nos comentários e escale seu time no SPM 365!