Inter perde para Santos e vê Galo assumir liderança depois de bater o Corinthians no Itaquerão. Flamengo tropeça e rivais na briga por vaga no G4 encostam.

Santos 2×0 Inter

Santos 2x0 Internacional Brasileirão 2020
Créditos: Santos Futebol Clube

O duelo das equipes dos principais jogadores do Brasileirão 2020 deixou todos apreensivos. O Santos, depois de um surto de covid-19 nos seus elencos masculino e feminino, foi a campo com alguns desfalques. O Inter, por outro lado, faria a segunda partida sob o comando de Abel Braga depois do tropeço contra o América-MG no meio da semana.

O primeiro tempo foi bem abaixo do que se esperava. O mais próximo tivemos de um gol foi quando Marinho, aos 39′, cobrou falta de longe e Lomba caiu com certa tranquilidade para espalmar a redonda. A emoção ficou toda para o segundo tempo, quando as crias da base santista foram decisivas.

Abel Hernandes quase abriu o placar aos 49′, quando o goleiro Jhon saiu em formato de X (como um goleiro de handebol) e bloqueou o chute. No escanteio, Galhardo cabeceou no primeiro pau e Jhon estava lá de novo. Na resposta do Peixe, Ivonei marcou de falta aos 13′.

https://twitter.com/goleada_info/status/1327716204690219011

O segundo tento do Santos veio aos 22′ e também foi uma resposta à mais uma blitz colorada. Dessa vez, Kaio Jorge aproveitou o rebote de Lomba, caído no chão, e escorou para o gol vazio. 2×0 para os donos da casa e uma bela vitória dos meninos da Vila.

Corinthians 1×2 Atlético-MG

Corinthians 1x2 Atlético-MG Brasileirão 2020
Créditos: Clube Atlético Mineiro

O Galo nunca tinha ganhado do Corinthians no Itaquerão e a expectativa de que esse tabu fosse quebrando no domingo era grande, já que o alvinegro mineiro está numa fase bem melhor que do rival paulista. Mas no primeiro tempo, o Corinthians jogou melhor e contou até com uma enorme ajuda da arbitragem: aos 4′, o estreante Vargas foi claramente puxado por Gil logo no primeiro bom ataque do Galo, mas nem o árbitro de campo nem o VAR entenderam que houve penalidade:

No lance seguinte, Matheus Davó colocou os donos da casa em vantagem e o Timão imprimiu um ritmo forte até os 45′, impedindo o Atlético-MG de criar chances claras de gol.

No segundo tempo, o jogo mudou e o time visitante conseguiu tomar as rédeas da partida. O Corinthians até tentou, mas caiu de rendimento em relação ao primeiro tempo e viu um Galo de muita qualidade virar o jogo. Arana, depois de passe de calcanhar de Vargas fez o primeiro (61′) e Marrony, depois de cruzamento de Keno, fez o segundo em chute de primeira (83′).

Fim do tabu e Galo líder isolado com 38 pontos e um jogo a menos.

Fortaleza 2×3 São Paulo

Fortaleza 2x3 São Paulo Brasileirão 2020
Créditos: São Paulo Futebol Clube

Mais um duelo emocionante entre os tricolores. Wellington Paulista e David da Fonseca marcaram pelos donos da casa, enquanto Luciano (duas vezes) e Gabriel Sara marcaram para os visitantes.

E o destaque do duelo, além da emoção de se assistir um jogo disputado com cinco gols marcados, foi o para o São Paulo. Diante de um Fortaleza que perdeu a principal peça de sua reestruturação – Rogério Ceni – o time paulista conseguiu fazer o que ninguém tinha feito nesse campeonato: marcar mais de dois gols no leão jogando no Ceará.

Com o resultado, o Fortaleza deixou de ter a melhor defesa como mandante e caiu para o 4º lugar no quesito. Além disso, o time chega a sua quarta derrota seguida no brasileiro e soma quase um mês sem sair de campo com uma vitória – a última foi em 21 de outubro.

Já o São Paulo se igualou a Flamengo e Inter na casa dos 36 pontos, mas passou o rubro-negro carioca por causa do saldo de gols. Vale lembrar, ainda, que o time de Fernando Diniz tem três jogos a menos e só está a dois pontos de distância do líder. Ou seja: depende apenas de si para conquistar a liderança.

Flamengo 1×1 Atlético Goianiense

O Atlético-GO conseguiu uma primeira etapa interessante contra o Flamengo. Adiantou as linha de marcação e foi muito eficiente para impedir que os donos da casa conseguissem chegar ao ataque com a bola dominada. Assim, o clube da Gávea, mesmo com 65% de posse de bola e seis finalizações, só teve uma chance de gol.

E ela veio aos 44, quando Bruno Henrique recebeu um passe açucarado de Thiago Maia. O meia deu uma enfiada de bola para o atacante mineiro, que venceu o goleiro Jean com um chute forte e rasteiro:

Aos 13 da segunda etapa, Chico, na entrada da área, duelou no mano a mano com Léo Pereira e deu um corte seco em Natan, mas o drible foi longo o suficiente para o atacante perder o controle da bola. Pra sorte dele, Zé Roberto chegou chutando e fez a pelota morrer no canto direito de Hugo Souza.

O Flamengo pressionou até o final da partida, mas não teve eficiência para converter. Destaque para o gol que Lincoln perdeu aos 45 do segundo tempo – sem goleiro e sem marcação dentro da pequena área. Como não poderia deixar de ser, os torcedores rivais não perdoaram e fizeram vários memes com o lance.

Qual foi o destaque da rodada para você? Conte pra gente nos comentários!