Nascido em 1996, Gabriel Barbosa de Almeida, mais conhecido como Gabigol, é um jogador brasileiro de futebol que atua como atacante. Revelado pelo Santos em 2013, atualmente veste a camisa do Flamengo, equipe onde atingiu o ápice de sua carreira.

Gabriel Barbosa Almeida, nasceu em 30 de agosto de 1996 em São Bernardo do Campo, cidade paulista localizada a apenas 24 quilômetros da capital do estado de São Paulo.

O atleta foi criado no humilde bairro são-bernardense Montanhão e começou desde cedo a jogar bola, talento reconhecido e apoiado pelo seu pai que, desde os cinco anos de idade do menino o acompanhava em seus treinos.

Início como jogador

Os primeiros passos e gols do atleta com uma bola não se deram no futebol de campo, mas sim pelo futsal. Foi descoberto por Zito (apelido de José Ely Miranda), ex-jogador do Santos e da Seleção que após a aposentadoria se tornou um captador de jogadores para o clube santista, responsável pela revelação de Neymar, Diego e Robinho.

A descoberta do garoto de São Bernardo ocorreu em um amistoso infantil de futsal entre o São Paulo e o Santos. Gabigol, que era do time paulistano, marcou todos os seis gols de sua equipe, enquanto o time santista marcou apenas um.

Assim, aos oito anos Gabriel Barbosa passou a integrar os times de base do Santos, nas quais marcou mais de 600 gols até ser promovido à equipe principal do clube.

Gabigol na base dos santos.

Promoção para o profissional

A carreira profissional do atleta de São Bernardo possui episódios em solos nacionais e europeus, passando por altos e baixos que tornam sua jornada emocionante.

Apenas aos 16 anos de idade, no ano de 2013, Gabigol passou a ser jogador profissional pela equipe principal do time santista. Logo que subiu ao time profissional, conseguiu ser o artilheiro do time na temporada 2014, ano que também se sagrou artilheiro da Copa do Brasil pelo Alvinegro Praiano.

Em 2015, com oito gols, foi novamente artilheiro do clube na Copa do Brasil, mas perdendo o título na final, ficando com o vice-campeonato. Na temporada seguinte, em 2016, foi artilheiro do Santos no Campeonato Paulista, torneio em que foi campeão.

Gabigol Profissional

Com o holofote do destaque, foi contratado pela Internazionale de Milão, clube da Itália ainda em 2016, por 27 milhões de euros. Em solo italiano não foi feliz, sem sequência, fazendo com que fosse emprestado ao Sport Lisboa e Benfica, por onde, em 2017, atuou em apenas cinco jogos, marcando um único gol.

Quando acabou o empréstimo ao clube português, Gabigol retornou ao Santos. O retorno do jogador foi marcado por inúmeros gols sendo que somente neste ano ele foi o artilheiro tanto da Copa do Brasil quanto do Campeonato Brasileiro, feito inédito até então na história do futebol brasileiro.

Gabriel ainda pertencia ao Internazionale que, em janeiro de 2019, anunciou um novo empréstimo do jogador, agora para o time carioca do Flamengo, responsável por custear os salários do jogador durante este período. Nestes pouco mais de dez meses em que atuou no clube flamenguista Gabigol já se destacou de forma brilhante.

Em 2019 conquistou a América junto ao Flamengo, além de ter vencido o Campeonato Brasileiro e o Campeonato carioca.

Gabigol Flamengo.

No dia 7 de janeiro de 2020, o jogador teve 90% dos seus direitos comprados por 18 milhões de euros (R$ 83,5 milhões de reais) pelo Flamengo. Gabriel assinou com o rubro-negro por cinco temporadas, até dezembro de 2024. Com a aquisição, tornou-se a compra mais cara da história do futebol brasileiro, ultrapassando o companheiro de equipe Giorgian De Arrascaeta.

Com a pandemia da Covid-19 e a paralisação dos campeonatos, o jogador não teve um destaque tão marcante quanto nos anos anteriores, e teve uma fase de “seca”, onde ficou 5 partidas sem marcar gol, sua maior sequência negativa no Flamengo.

Apesar disso, passou longe de ser um jogador ruim e acabou levantando a taça do Campeonato Brasileiro ao final da temporada, sagrando-se bicampeão consecutivo.

Em 2021 o jogador continua com a boa sequência, sendo peça fundamental para seu time e um grande ídolo da torcida.

Seleção Brasileira

Em de junho de 2016, Gabigol foi convocado por Rogério Micale para a disputa das Olimpíadas. Fez parte do elenco que conquistou a primeira medalha de ouro pela Seleção Brasileira Olímpica nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. Atuou como titular em todos os 6 jogos, marcando duas vezes contra a Dinamarca.

Gabigol Seleção.

Esteve presente na primeira convocação do técnico Tite, no dia 22 de agosto de 2016, para as partidas Eliminatórias contra Equador e Colômbia Após um período de três anos, voltou a ser convocado em setembro de 2019, para os amistosos contra Senegal e Nigéria.

Voltou novamente a ser convocado em maio de 2021, para 2 jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, contra o Equador em Porto Alegre e contra o Paraguai em Assunção, nos dias 4 e 8 de junho, respectivamente.

Premiações do Gabigol

Gabriel Barbosa já recebeu algumas importantes premiações em sua carreira de apenas 6 anos de existência.

Pelo Santos:

  • Campeonato Paulista de 2015 e 2016;

Pelo Flamengo:

  • Taça Rio 2019;
  • Campeonato Carioca 2019;
  • Taça Libertadores da América 2019;
  • Campeonato Brasileiro 2019 e 2020

Pela Seleção Brasileira:

  • Jogos Olímpicos de 2016;

Artilharias:

  • Copa do Brasil 2014, 2015, 2018;
  • Campeonato Brasileiro 2018;

E aí o que você achou melhor da história do craque? Não esqueça de escalar seu time no SPM 365!