A FIFA anunciou que a próxima Copa do Mundo Feminina será sediada na Austrália e Nova Zelândia com um novo formato: 32 seleções.

Pela primeira vez na história, a Copa do Mundo Feminina será realizada na Oceania. No dia 25 de junho deste ano a FIFA anunciou que a dupla candidatura venceu a Colômbia depois de um processo de escolha no qual o Brasil também chegou a participar.

Será a nona edição do torneio mundial de seleções femininas e está prevista para acontecer entre os dias 10 de julho e 20 de agosto de 2023. O campeonato começou a ser disputado oficialmente em 1991 e de lá para cá apenas quatro países foram campeões: Estados Unidos, Noruega, Alemanha e Japão.

O processo de escolha da sede da próxima Copa do Mundo feminina foi marcado por idas e vindas e a desistência de candidaturas. O Brasil era um dos que pleiteava a organização do torneio, mas optou por sair da disputa depois de a CBF não conseguir garantias por parte do governo federal.

O Japão também resolveu retirar a candidatura de última hora, a três dias da decisão da Fifa, deixando a disputa apenas entre Colômbia e Austrália/Nova Zelândia.

O placar da votação fechou em 22 a 1 a favor dos países da Oceania, dentro dos 35 participantes do conselho. Os membros das maiores confederações de futebol, UEFA e CONMEBOL, votaram em bloco a favor da Colômbia. As outras organizações, CONCACAF, CAF, AFC e OFC preferiram Austrália e Nova Zelândia, assim como o presidente da Federação.

Na entrevista após a votação por videoconferência, Infantino apontou que deve haver uma mudança no processo de votação para a escolha das sedes das Copas do Mundo femininas. Ao invés de ser restrita ao conselho da FIFA, para as próximas edições ela será realizada no congresso, com 211 eleitores, assim como a masculina.

escalou seu time no SPM 365?

Novo Formato

Ainda no final da Copa de 2019, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, já havia afirmado que tinha pretensões em amplia o número de seleções participantes. No fim de junho, logo antes do anúncio da sede, a instituição confirmou que a Copa contará com 32 seleções, diferente das 24 que jogaram em 2014.

Assim, o número de equipes participantes se iguala a disputa masculina e, por isso, também apenas duas seleções de cada grupo se classificará para as oitavas de final.

O histórico de sedes da Copa do Mundo Feminina da Fifa:

Ano País-sedeCampeãVice-campeã
1991ChinaEstados UnidosNoruega
1995SuéciaNoruegaAlemanha
1999Estados UnidosEstados UnidosChina
2003Estados UnidosAlemanhaSuécia
2007ChinaAlemanhaBrasil
2011AlemanhaJapãoEstados Unidos
2015CanadáEstados UnidosJapão
2019FrançaEstados UnidosHolanda
2023Austrália/Nova Zelândia

Ansiosos para a disputa do torneio? Conte para a gente o que você espera!