Com vitórias importantes e mudanças expressivas na tabela, tivemos uma rodada de muitas emoções na La Liga e na Premier League

Real Madrid vence Celta de Coudet em LaLiga e dorme na liderança, porém Atlético de Madrid bate o Alavés com gol de Suárez em cima da hora e volta à liderança com dois jogos a menos que os merengues. Liverpool sofre com Ings, perde para o Southampton e vê United encostar de vez na liderança e com show de De Bruyne, Manchester City atropela Chelsea e encosta nos líderes. Confira os detahes:

Real Madrid 2 x 0 Celta de Vigo

O Real Madrid interrompeu o grande momento vivido pelo Celta no Campeonato Espanhol e venceu a equipe de Eduardo Coudet por 2 a 0 na capital espanhola, com gols de Vásquez e Asensio.

Após o Celta perder grande chance com Aspas, o Real Madrid respondeu no ataque seguinte com Lucas Vásquez, aproveitando cruzamento de Asensio para abrir o placar na primeira boa chance merengue no primeiro tempo. Aos 42, Carvajal teve a chance de ampliar ao aproveitar uma bola da entrada da área e finalizar para fora com muito perigo.

O Real Madrid para o segundo tempo com a mesma postura da primeira etapa e em sua segunda finalização no alvo, marcou o segundo gol da partida. Aos oito minutos, os papéis foram invertidos e Lucas Vásquez encontrou Asensio no meio da área e livre da marcação para ampliar o marcador a favor dos merengues.

Com o resultado da partida, os merengues conseguiram a primeira colocação da La Liga momentaneamente, apesar do empate contra o Elche na última rodada, o Real Madrid já soma sete partidas sem perder. No dia seguinte o Atlético de Madrid enfrentou o Alavés e recuperou a colocação.

Alavés 1 x 2 Atlético de Madrid

Escale seu time no SPM 365!

Em visita ao País Basco, os colchoneros bateram, por 2×1, o Alavés e foram a 38 pontos – com dois jogos a menos que o vice-líder Real Madrid, que tem 36.

O primeiro tempo foi travado, com apenas três chutes a gol – todos do time visitante. Um deles aconteceu aos 41, quando a descida para o intervalo no 0x0 já parecia realidade. Porém Luisito Suaréz interceptou passe na saída de jogo de Alavés, carregou por dentro e abriu para Llorente, pouco antes da entrada da área. O espanhol trouxe para o meio e bateu de esquerda, da meia-lua, no canto esquerdo de Pacheco, abrindo 1×0 no placar.

Na segunda etapa, o jogo parecia tranquilo para os visitantes, mas em jogada rápida, Joselu cruzou e Felipe fez contra, com um chute no ângulo, aos 41.

O Atlético foi então para cima, para reconquistar os três pontos. E conseguiu, com um gol de seu craque uruguaio da camisa 9, aos 90′ fechando o placar em 2×1.

Southampton 1 x 0 Liverpool

Uma zebra das grandes passeou sobre o gramado do St. Mary´s Stadium nesta segunda-feira quando Southampton e Liverpool se enfrentaram. Muitos imaginavam ser uma vitória automática do líder e atual campeão, mas os donos da casa tinham outros planos: vitória por 1×0 dos Saints.

Com o resultado, o time comandado por Jürgen Klopp segue líder, com 33 pontos, mas permitiu ao rival Manchester United se aproximar de vez no duelo pela ponta da tabela.

o único gol da partida saiu logo no 1º ataque da partida, e por meio da famosa “lei do ex”. Aos 2′, o atacante Danny Ings, que jogou pelo Liverpool entre 2015 e 2018, recebeu bom lançamento em jogada ensaiada e, com um lindo toque de esquerda, encobriu Alisson. Golaço. No restante do jogo, os Reds pressionaram insistentemente, criando muitas chances de empatar, mas não conseguiram vencer a muralha montada pelo técnico Ralph Hasenhüttl.

Com o resultado, o Southampton tornou-se o único clube na história da competição a conseguir vencer os sete diferentes campeões da Premier League na temporada seguinte à conquista de seus respectivos títulos. Nenhuma outra equipe conseguiu impor tantas derrotas a equipes que defendiam o título inglês como os Saints.

Chelsea 1 x 3 Manchester City

O Manchester City, em uma bela atuação, venceu o Chelsea, fora de casa, por 3 a 1. Os gols dos Citizens foram marcados por Gundogan, Foden e De Bruyne, que chegaram aos 29 pontos e assumiram a quinta colocação na tabela. Nos acréscimos, Hudson-Odoi descontou.

Gundogan abriu o placar com apenas 18 minutos de jogo. O alemão recebeu de Foden, fez um corta-luz e chutou no canto de Mendy. Logo três minutos depois, foi a vez do inglês marcar, após bela assistência de De Bruyne. O belga, em uma partida fantástica, também anotou o seu. Sterling avançou em velocidade, mas abacou se atrapalhando e a bola sobrando para De Bruyne marcar seu gol. 3 a 0 em apenas 34 minutos.

Nos acréscimos do segundo tempo, Havertz, que entrou no fim da partida, achou Hudson-Odoi, que diminuiu o largo placar. Com a vitória, o Manchester City chegou aos 29 pontos e assumiu a quinta colocação. O Chelsea, por outro lado, está no oitavo lugar, com 26 pontos.

Quem você acha que vai levantar o caneco da Premier e da LaLiga? Não esqueça de escalar seu time no SPM 365!