O final de semana da Premier foi agitado, teve goleada, teve clássico com direito a gol digno de Puskas e teve o City se isolando na liderança, confira!

Fulham 0 x 3 Manchester City

O que mais faltou na etapa inicial foi eficiência e sorte nas finalizações às duas equipes. O City foi superior, com mais chances de marcar, mas quem chegou com perigo primeiro foram os donos da casa.

Aos 3′, o atacante Lookman recebeu belo cruzamento de três dedos, entrou na área, driblou os marcadores dos Citzens, mas errou na hora do chute.

Logo aos 2 minutos, após cobrança de falta pela esquerda, John Stones aproveitou bola lançada na área e, de bico, empurrou para o fundo das redes.

Menos de 10 minutos depois, aos 11, Gabriel Jesus também deixou o seu, e após uma bela jogada. Apesar de ter se aproveitado de um erro da defesa do Fulham, o jogador pegou a bola, entrou na área, deixou a marcação para trás e estufou as redes.

E ainda teve tempo para o terceiro gol, marcado de pênalti por Sergio Agüero. Este, inclusive, foi o primeiro gol do atacante argentino na atual temporada da Premier League. Depois de Adarabioyo derrubar Ferrán Torres dentro da área, o árbitro assinalou penalidade máxima e o atacante argentino converteu. Com o tento, o City fechou o placar e conquistou mais uma vitória no Campeonato Inglês.

Leicester 5 x 0 Sheffield United

Não se esqueça de fazer sua escalação no SPM 365

Kelechi Iheanacho marcou um hat-trick na vitória do Leicester City sobre o Sheffield United por 5×0 no domingo, avançando para o segundo lugar na classificação da Premier League.

Desde o início o Leicester foi superior, Ayoze Perez chegou perto a primeira vez de cabeça, mas o goleiro do Sheffield, Aaron Ramsdale estava ligado e conseguiu tirar com as pontas dos dedos.

No entanto, só conseguiu atrasar o inevitável e o Leicester saiu na frente aos 39′, quando Jamie Vardy deu um passe brilhante para Iheanacho só empurrar.

Perez marcou o segundo aos 64′ com um chute rasteiro, antes de Vardy voltar a colocar Iheanacho na cara do gol para marcar seu segundo na partida.

Ele ainda guardou o melhor para o final, disparando um chute forte de pé esquerdo aos 78′, de fora da área, para completar seu primeiro hat-trick na Premier League.

Para fechar a goleada, Vardy chutou sem muito ângulo do canto esquerdo, Ampadu desviou, marcando um gol contra.

Arsenal 2 x 1 Tottenham

O Arsenal dominava as jogadas de ataque, mas quem abriu o placar foi o Tottenham. Aos 33′ da primeira etapa, Lucas Moura ajeitou para o pé direito de Lamela. O argentino preferiu chutar de letra com o pé esquerdo e viu a bola entrar no canto do goleiro Leno. Um golaço.

Antes do intervalo, Odegaard igualou o marcador, deixando no ar a promessa de um segundo tempo quente. O empate veio com justiça após 10 finalizações, sendo duas na trave. O time de José Mourinho precisava fazer um algo a mais nos 45 minutos finais para subir na tabela. Sem Son, que saiu machucado, a tarefa era dura. E quem voltou mais disposto foi o Arsenal.

Atacou, atacou e, num pênalti questionável, virou o placar com Lacazette. O atacante furou o lance, acertou o defensor e o juiz deu a penalidade. Para piorar a situação do Tottenham, logo depois Lamela acabou expulso por acúmulo de cartões.

Sem ganhar na casa do Arsenal desde 2010, o Tottenham não conseguiu buscar a igualdade após perder o argentino e amargou novo tropeço no Emirates Stadium, estacionando nos 45 pontos. Ainda distante do topo, o Arsenal subiu para os 41.

Quem você acha que leva a Taça? Conta pra gente e não se esqueça de fazer sua escalação no SPM 365!