Em rodada marcada pelo grande clássico espanhol, a La Liga foi marcada por uma rodada morna sem grandes emoções. Se liga no nosso review da rodada 30ª da La Liga.

Valência 2×2 Real Sociedad

Talvez esta tenha sido a partida mais emocionante de toda a rodada da La Liga neste último final de semana.
Ambas as equipes lutaram bastante e, apesar da diferença de qualidade (o Valência está longe de ser aquela equipe que outrora fazia sombra aos gigantes espanhóis), não faltou luta.

A equipe do País Basco vem apresentando uma crescente em seu futebol e um empate fora de casa nessas circunstâncias foi um excelente resultado, tendo em vista que as ambições da Real Sociedad é conquistar uma vaga para a próxima Champions League.

No jogo deste domingo (dia 11/04) a Real Sociedad amassou bastante o Valência criando excelentes chances, exigindo boas intervenções do goleiro Jaume Domenéch.

Porém, a primeira grande chance foi da equipe da casa. Após cruzamento de Cheryshev, a bola tocou na mão do lateral Gorosabel dentro da área. Penalti marcado, mas, para a infelicidade dos donos da casa, o meia Carlos Soler deslocou demais a bola e bateu para fora.

Para piorar a situação, no lance seguinte Ander Guevara abre o placar para os visitantes, em um belo chute de fora da área, no canto esquerdo, sem chances para o goleiro.

Dez minutos depois, após saida errada de bola da defesa do Valência, Alexander Isak recebe a bola, invade a área e bate no mesmo canto esquerdo. Neste momento da partida a Real Sociedad sobrava em campo, dando indicios que o placar poderia ser ainda mais elástico.

No segundo tempo o Valência voltou mais ligado na partida e aos 13 minutos, em confusão na área, o brasileiro Gabriel Paulista sofre penalti convertido por Daniel Wass.

Mesmo com a pressão da Real Sociedad o Valência conseguiu arrancar seu empate com Gabriel Paulista, o zagueiro que havia errado a saída de bola no segundo gol dos visitantes conseguiu se redimir e marcar um belo gol de cabeça, dando números finais a partida.

Bétis 1×1 Atlético de Madrid

O Atlético foi até a Andaluzia na busca pela liderança. Apesar de ter conseguido retomar o primeiro lugar, podemos considerar este um tropeço dos madrilenhos, levando em consideração a situação das duas equipes.

Sem seus dois artilheiros, Luis Suárez e Llorente que cumprem suspensão, foi a quarta partida irregular das últimas 5 disputadas pelo Atlético de Madrid de Simeoni.

A partida foi marcada pela boa atuação dos goleiros Oblak e Bravo que garantiram o resultado final da partida. Com destaque para a defesa de Oblak aos 30 minutos do segundo tempo, após o belo chute de Diego Laínez quando o jogo já estava 1×1.

A equipe da capital abriu o placar aos 5 minutos do primeiro tempo com Yannick Carrasco. Após bela trama pela ponta esquerda, a bola se ofereceu para o jogador que tocou com tranquilidade para o fundo do gol.

Já o Betis empatou com Cristian Tello em um belo chute de primeira, sem chances para defesa de Oblak.

Real Madrid 2×1 Barcelona

No ‘El Classico’ do final de semana o Barça reafirmou a má fase em que vive após ser completamente dominado pelos merengues no primeiro tempo. Messi pouco produziu e a equipe catalã mal viu a cor da bola.

O grande destaque do jogo com toda a certeza foi o francês Karin Benzema que além de um golaço, levou perigo diversas vezes para a defesa do barça.

Podemos destacar também a atuação de Vinicius Jr. Enquanto esteve em campo foi uma opção criativa e peça útil no ataque.
O brasileiro vem provando para o técnico Zidane o poquê merece a titularidade na equipe, mostrando um futebol maduro e em constante evolução.

A primeira boa chance do jogo foi do Barcelona aos 9 minutos de jogo, Jordi Alba bateu cruzado e obrigou Courtois a fazer uma boa intervenção. Logo após, Valverde, com liberdade, abre espaço e toca na ponta direita para Lucas Vázquez que cruza na medida para Benzema completar de letra. Um golaço!

Pouco tempo depois, em cobrança de falta de Toni Kroos, o Real ampliou para 2×0. Neste momento, tudo indicava que o resultado da partida poderia ser ainda maior.

O gol do barça saiu apenas aos 14 minutos do segundo tempo. Após cruzamento rasteiro, a zaga do real falhou na tentativa de corte e o defensor Mingueza golpeou a bola de canela para balançar as redes merengues.

Com o resultado, o campeonato espanhol embola ainda mais: Atlético de Madrid com 67 pontos, Real Madrid com 66 e Barcelona com 65 disputam o título mais acirrado dos últimos anos. O Sevilla, que joga hoje, corre por fora podendo chegar aos 59 pontos com uma remota chance de título.


Fique ligado para mais emoções do futebol pelo mundo no SPM 365. Escale sua equipe nos principais torneios de futebol e CS GO do planeta. Seja o melhor e fature prêmios em dinheiro! Escale agora!