Em jogo ruim, Fluminense e Atlético-MG decepcionam e empatam sem gols; chance de título do Inter cresce, mesmo perdendo para o Sport e Grêmio vence o Botafogo por 5×2 e acirra briga por Libertadores.

Botafogo 2 x 5 Grêmio

O Grêmio venceu o já rebaixado Botafogo por 5×2 e deu mais um passo na briga pela classificação à Libertadores do ano que vem. O placar foi construído com gols de Alisson, Jean Pyerre, Churín e Matheus Henrique, duas vezes; Navarro e Matheus Babi descontaram para o time da casa.

Escale seu time no SPM 365!

Os donos da casa começaram o jogo um pouco melhor, conseguiam trocar passes e, nos minutos iniciais, levaram maior perigo ao gol de Paulo Victor. O Grêmio abriu o placar na primeira chegada ao ataque, depois da tabela entre Matheus Henrique e Jean Pyerre, Alisson foi acionado, girou e bateu na saída de Diego Loureiro.

O Tricolor gaúcho começou a gostar do jogo, teve mais posse de bola e ampliou a vantagem em cobrança de falta de Jean Pyerre. O Botafogo voltou para o segundo tempo com Kayque no lugar de Zé Welison, o que fez com que a equipe tivesse em campo nove jogadores que chegaram ao clube ainda na base.

No início da segunda etapa, o Grêmio ainda teve um pênalti a favor, Churín cobrou e marcou. Em lance praticamente seguinte ao terceiro gol do Grêmio, o Botafogo conseguiu diminuir, Navarro aproveitou a bola enfiada de Romildo e fez. Depois do gol, os anfitriões voltaram para o jogo, mas quem fez mais um foi o Grêmio.

Depois de troca de passes, Matheus Henrique dominou e mandou no ângulo esquerdo de Diego. Pouco depois, Matheus comemorou de novo, depois de tabela com direito a passe de letra de Isaque, o camisa 7 balançou a rede. Foi a cereja no bolo do time gaúcho. Quando o jogo já entrava na reta final, Matheus Babi fez o segundo do Botafogo.

A vitória deu fim a uma sequência ruim do Grêmio. A equipe vinha de sete jogos sem triunfar, com cinco empates e duas derrotas. Com o resultado, o Tricolor gaúcho chegou à sexta colocação, com 56 pontos, encostado no Fluminense. A classificação para a Libertadores ainda está em aberto. O Glorioso, por sua vez, se manteve com 24 pontos, na lanterna da competição.

Internacional 1 x 2 Sport Recife

Chegou ao fim a sequência de 12 jogos de invencibilidade do Internacional no Campeonato Brasileiro. Com um homem a menos desde a metade do primeiro tempo, quando Uendel foi expulso, o Colorado perdeu por 2×1, em casa. Marcão e Dalberto anotaram os tentos dos pernambucanos, enquanto Patrick descontou.

A etapa inicial começou com os anfitriões dominando as principais ações ofensivas. Entretanto, a partida começou a mudar a partir dos 25′, quando Uendel foi expulso ao segurar Marquinhos em contra-ataque. Com um homem a mais os visitantes cresceram, e logo abriram o placar. Aos 37, Marcão recebeu lindo toque de calcanhar de Marquinhos, aplicou belo drible em Lucas Ribeiro e tocou na saída de Lomba para marcar um golaço.

O time de Abel Braga partiu para cima, e a estratégia funcionou. Apenas três minutos depois, Patrick aproveitou o bate rebate para encher o pé e deixar tudo igual no Beira-Rio. A reação, porém, durou pouco. Aos 49′, Patric cruzou da direita, Lomba acompanhou a trajetória e parou na jogada ao achar que a bola saiu de campo, mas o árbitro mandou seguir. Com isso, Júnior Tavares aproveitou e rolou para Dalberto, que completou para o gol vazio e recolocou os pernambucanos à frente.

Na etapa complementar, o Inter voltou a apertar em busca da igualdade, mas o Sport respondeu bem nos contra-ataques. Nos minutos finais o colorado tentou pressionar para conseguir o tento salvador, mas não conseguiu furar a defesa e evitar a derrota.

O Sport venceu a quarta partida como visitante no campeonato, a segunda consecutiva. A equipe de Jair Ventura chega a 41 pontos, em 14º, e abre boa distância, de quatro pontos, em relação ao Vasco, o 17º colocado, que encabeça a zona de rebaixamento.

Já para o Inter, a derrota pode ter custado caro. A vantagem do Colorado para o Flamengo é de apenas um ponto (66 a 65). O estrago só não foi maior porque o Atlético-MG, terceiro colocado, ficou no 0x0 com o Fluminense e tem agora 61 pontos.

Fluminense 0 x 0 Atlético-MG

Em jogo de pouca inspiração no Maracanã, Fluminense e Atlético-MG empataram sem gols. Em um confronto direto na disputa por vaga na Libertadores, as duas equipes decepcionaram, quase não finalizaram e deram um final apático à 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida começou movimentada, com as duas equipes saindo para o ataque. Com o passar do tempo, o Atlético-MG teve mais a posse de bola. Só que os mineiros não acertavam o gol tricolor, já o Fluminense avançava nos contra-ataques, sem sucesso. Na parte final, o duelo melhorou. O Fluminense quase abriu o placar em chute de Fred. O Atlético-MG respondeu com Vargas. No entanto, o jogo seguiu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o panorama da partida não mudou. O Atlético-MG continuava com mais posse de bola e teve boa chance no início com Eduardo Sasha, só que o atacante mandou pela linha de fundo. Aos poucos, o Fluminense passou a conseguir avançar com mais facilidade, só que os tricolores pecavam na hora de finalizar.

Nos minutos finais, o Atlético-MG ainda esboçou uma pressão, mas viu o Fluminense quase marcar em um contra-ataque. Assim, o confronto terminou em 0x0 no Maracanã.

Com o empate, as duas equipes desperdiçaram boas chances de pressionar seus adversários na tabela. O Galo segue na terceira posição, com 61 pontos, enquanto o Tricolor se manteve na quinta colocação, com 57.

Qual foi o jogo mais emocionante da rodada para você? Conta ra gente! E claro, não se esqueça de escalar seu time no SPM 365.